PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Coronavírus no Nordeste: Ceará lidera com folga casos confirmados na região; veja gráficos

Em oito dias, o Estado avançou de três para 164 casos de coronavírus. No Nordeste, o Ceará lidera com grande diferença entre o segundo estado mais afetado, que é a Bahia, com 63 infectados

Kamilla Vasconcelos
22:56 | 23/03/2020
O estado de emergência deve ser limitado a algumas regiões e não deve incluir medidas de confinamento tão drásticas como as que estão em vigor em muitos países. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
O estado de emergência deve ser limitado a algumas regiões e não deve incluir medidas de confinamento tão drásticas como as que estão em vigor em muitos países. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Dos cinco estados mais afetados pelo novo coronavírus, o Ceará encontra-se na terceira posição, perdendo apenas para São Paulo, com 745 casos e para o Rio de Janeiro, com 233. O Ceará registrou 164 confirmações, sendo 151 delas apenas na capital, Fortaleza. No Nordeste, o Ceará também lidera o número de casos, com grande diferença entre o segundo estado mais afetado, a Bahia, que registra 63 infectados. Em oito dias, o Estado avançou de três para 164 casos.

>> Conforme infectologista, eficiência na notificação e testagem intensificada teriam contribuído para alta de casos da covid-19 no CE

Além de Fortaleza, Aquiraz registra seis casos, acompanhado por Sobral com três, Fortim e Juazeiro do Norte com um cada, além de um turista de Uberlândia e outro de São Paulo. Os dois últimos infectados, apesar de serem de outras regiões, estão no Ceará e por isso constam na lista do Estado. 

CASOS DE CORONAVÍRUS NO CEARÁ:

CORONAVÍRUS: COMPARATIVO ENTRE CEARÁ E OS OUTROS ESTADOS DO NORDESTE:

CASOS DE CORONAVÍRUS NO BRASIL POR ESTADO:

CASOS DE CORONAVÍRUS NO MUNDO:

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >

CASOS DE CORONAVÍRUS NO CEARÁ:

CORONAVÍRUS: COMPARATIVO ENTRE CEARÁ E OS OUTROS ESTADOS DO NORDESTE:

CASOS DE CORONAVÍRUS NO BRASIL POR ESTADO:

CASOS DE CORONAVÍRUS NO MUNDO:

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >