Com Juliana Paes, ‘Pedaço de Mim’ conquista Netflix internacional

Classificada como série melodramática, "Pedaço de Mim" chega ao top 3 da Netflix em mais de 5 países; com Juliana Paes, produção é a 1º novela brasileira do streaming

Primeira novela brasileira original da Netflix, “Pedaço de Mim” conquistou o público internacional e alcançou o top 3 do streaming em mais de cinco países. Protagonizada por Juliana Paes e Vladimir Brichta, a produção nacional estreou na plataforma na sexta-feira, 5.

Classificada como “série melodramática”, a novela, que possui roteiro de Ângela Chaves e direção de Maurício Farias, lidera o ranking de séries mais assistidas na Netflix na Argentina, Nicarágua e Uruguai.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Fique por dentro | Mercado das novelas se adapta para formato streaming

A informação é do Flixpatrol.com, site que une os dados das plataformas de streaming e classifica os filmes, séries e programas mais populares em cada país.

Atualizada nessa segunda-feira, 8, o ranking mostra que “Pedaço de Mim” também aparece no top 3 na Bolívia, Chile, Equador, Peru, Portugal e República Dominicana.

A história acompanha Liana (Juliana Paes), que sonha em ter um filho com seu marido Tomás (Vladimir Brichta), mas passa por dificuldades para engravidar. Após o uso de estimulantes para fertilidade, sexo com o companheiro, descoberta de traição e abuso sexual, ela se depara um caso raríssimo de superfecundação heteroparental. 

Leia mais | Com enredo 'dramalhão', Netflix estreia 'Pedaço de Mim' com Juliana Paes

Protagonista de 'Pedaço de Mim', 1ª novela da Netflix, Juliana Paes diz que produção teve resultado diferente

Com mais de 20 anos na atuação, Juliana Paes possui uma carreira recheada de personagens que marcou gerações, com destaque para as novelas “Laços de Família” (2000), “Gabriela” (2012), “Caminho das Índias” (2009), “A Força do Querer” (2017), “A Dona do Pedaço” (2019), “Pantanal” (2022) e “Renascer” (2024).

Em entrevista ao Vida&Arte, a atriz de 45 anos de idade comenta sobre a alteração na categorização de “Pedaço de Mim” – inicialmente classificada como novela, mas lançada como série melodramática –, ressaltando as diferenças entre locações e linguagem.

“Tem um resultado muito diferente. É a parte de a gente gravar sempre em cenários, já que a gente não fez nada em estúdios, isso traz uma qualidade, uma realidade que é difícil de você mensurar, mas é visto, você consegue ver, só que foram todos os cenários. Depois, na parte estética, a gente tem uma linguagem mais cinematográfica, uma linguagem mais sutil”, detalha Juliana.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

netflix

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar