Participamos do

Nos Tempos do Imperador: Globo recebe denúncia de racismo nos bastidores da novela

Caso se refere a "diferença de tratamento" entre atores negros e brancos nas gravações. Novela já foi criticada por abordagem de temas como racismo e escravidão
16:16 | Fev. 04, 2022
Autor João Gabriel Tréz
Foto do autor
João Gabriel Tréz Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, o departamento de compliance (área de uma empresa ou instituição que garante cumprimento de leis e regras aplicáveis) recebeu uma denúncia acerca de atitudes racistas que teriam ocorrido nas gravações da novela "Nos Tempos do Imperador", que chega ao fim nesta sexta, 4.

A queixa foi registrada por artistas negros que trabalharam na produção e diz respeito a "diferença de tratamento" em relação aos intérpretes brancos do folhetim. À Folha de São Paulo, a Globo informou não comentar investigações do departamento de compliance, mas ressaltou manter um código de ética que proíbe toda forma de preconceito no ambiente de trabalho.

"Todos (os relatos) são apurados criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento, e as medidas necessárias são adotadas, com garantia de absoluto sigilo aos denunciantes e colaboradores sobre as apurações", afirma o texto da emissora.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Primeira novela inédita da faixa das 18 horas desde o início da pandemia, "Nos Tempos do Imperador", assinada por Thereza Falcão e Alessandro Marson, é protagonizada por Selton Mello (Dom Pedro II) e traz temas como escravidão e racismo.

No entanto, a trama foi criticada já na estreia, em agosto do ano passado, por erros factuais e abordagens equivocadas. Críticas sobre uma visão romantizada do período se somaram, culminando na reação à cena em que uma personagem branca sugere ter sofrido "racismo reverso", expressão questionada por movimentos que discutem a pauta. A autora pediu desculpas.

Consultores históricos e especialistas foram contratados para apontar equívocos do roteiro e evitar novos casos, mas a novela não "decolou" e, inclusive, chega ao fim com a pior audiência da faixa das 18 horas da história.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags