Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Morre Marina Miranda, intérprete da Dona Charanga da 'Escolinha', aos 90 anos

Marina Miranda estava internada desde domingo, 19, em um hospital do Rio de Janeiro. A atriz, que sofria de Alzheimer, estava com infecção urinária e doença pulmonar
15:46 | Set. 21, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Marina Miranda, reconhecida por seus papéis em programas humorísticos, como a Dona Charanga da “Escolinha do Professor Raimundo” no início dos anos 1990, morreu nesta terça-feira, 21, aos 90 anos. A atriz e comediante estava internada desde domingo, 19, em um hospital do Rio de Janeiro, cidade onde nasceu. Diagnosticada com Alzheimer, havia desenvolvido infecção urinária e doença pulmonar.

Ao longo de sua carreira, fez, além de TV, seu maior legado artístico, três trabalhos para o cinema. O primeiro deles foi em 1961, “Entre Mulheres e Espiões”. Na mesma época, ainda em 1961, estreou participação em seu primeiro programa humorístico, “Noites Cariocas”, produzido pela TV Rio. Nele, Marina é Brigitte. Em seguida, vieram “O Riso É o Limite” (1963 - 1964) e “Balança Mas Não Cai” (1968 - 1971). Nos dois, fez vários personagens.

Sua trajetória inclui, ainda: “Dona Xepa”, “Dancin' Days”, “Os Trapalhões”, entre outros. Atriz também deu vida a papéis como Vó Zita, em “Prova de Amor” (2005), sua última novela na Globo, antes de ingressar na RecordTV, dois anos mais tarde.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em 2010, Marina Miranda (também intérprete da Dona Mandala da 'Escolinha') foi homenageada com o “Troféu Raça Negra 2010”, entregue à atriz durante evento solene em São Paulo, por sua contribuição à cultura do país.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags