Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Com quadrinhos e contação de história, veja programação literária de agosto

Em agosto, o Sistema de Bibliotecas Públicas de Fortaleza oferece programação com resenhas literárias, discussões sobre quadrinhos e contação de história
18:33 | Ago. 11, 2021
Autor - Clara Menezes
Foto do autor
- Clara Menezes Autor
Tipo Noticia

Conversas sobre quadrinhos, resenhas literárias, contação de histórias e discussões sobre literatura são algumas das atividades que podem ser conferidas na programação de agosto do Sistema de Bibliotecas Públicas de Fortaleza.

Os conteúdos, realizados por meio Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, serão transmitidos no perfil do Instagram da Secultfor. As ações acontecem sempre às 9 horas, em datas diferentes.

Entre os projetos, estão duas edições do “Resenha Literária”, que tem o objetivo de divulgar obras infantojuvenis. Um dos livros abordados será “O Homem que Amava Caixas”, de Stephen Michael King, que fala sobre a relação entre pai e filho.

Também haverá um diálogo sobre “Como Nascem as Estrelas: Doze Lendas Brasileiras”, de Clarice Lispector. A obra reúne várias histórias do folclore nacional para serem contadas uma vez por mês.

Ainda será possível assistir a dois eventos do projeto “Quadrinhos em Foco”, que tem apresentação de Eduardo Pereira, diretor da Biblioteca Pública Dolor Barreira. A ação realiza vídeos curtos para levar o mundo das HQ’s para o público geral.

Dividida em dois dias de evento, a programação sobre os quadrinhos terá duas obras: “Persepolis”, de Marjane Satrapi, e “Chiclete com Banana”, de Glauco, Angeli, Laerte e Luiz Gê.

Programação de agosto

quinta-feira, 12 - “Quadrinhos em foco”: Persepolis, de Marjane Satrapi

sexta-feira, 13 - “Resenha literária”: O Homem que Amava Caixas, de Stephen Michael King

quinta-feira, 19 - “Quadrinhos em foco”: Chiclete com Banana, de Glauco, Angeli, Laerte e Luiz Gê

sexta-feira, 20 - “Resenha literária”: Como Nascem as Estrelas: Doze Lendas Brasileiras, de Clarice Lispector

quinta-feira, 26 - “Literatura em foco”: Chacrinha, de Denilson Monteiro

terça-feira, 31 - “Contação de história”: Contação voltada ao público infanto-juvenil, com o contador Chicão Oliveira

Programação das bibliotecas públicas de Fortaleza

Quando: entre 12 e 31 de agosto, sempre às 9 horas
Onde: no perfil do Instagram da Secultfor (@secultfor)

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Dona Flor e Seus Dois Maridos (2017)

obra clássica
00:30 | Ago. 10, 2021
Autor
Tipo Notícia

Dona Flor (Juliana Paes) é uma professora de culinária que está casada com Vadinho (Marcelo Faria). O homem, apesar de ser um bom amante, morre precocemente por seu estilo de vida repleto de jogos de aposta e boates.

A viúva, então, se casa com o recatado farmacêutico Teodoro (Leandro Hassum). Mas a saudade que sente do ex-marido faz com que o espírito dele retorne. Agora, somente ela consegue vê-lo.

Dirigido por Pedro Vasconcelos, o longa-metragem é inspirado no livro homônimo de 1966. O título, que foi adaptado para a televisão, o cinema e o teatro, traça um retrato do cenário boêmio de Salvador na década de 1940.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Tieta (1989)

globoplay
00:30 | Ago. 10, 2021
Autor
Tipo Notícia

Tieta (Claudia Ohana) é expulsa de casa devido a suas atitudes consideradas liberais pelo pai Zé Esteves (Sebastião Vasconcelos). Sem muitas opções, ela sai de sua cidade Santana do Agreste e vai morar em São Paulo.

Mais de duas décadas depois, a personagem, agora interpretada por Betty Faria, retorna para o lugar que nasceu. Mas há diferenças: está rica e decidida a se vingar de todos que a fizeram mal.

Ao voltar, enfrentará um cenário típico brasileiro, com preconceitos, conservadorismo, desigualdades sociais e ideias em defesa do "progresso". A adaptação, que teve quase 200 capítulos, foi criada por Aguinaldo Silva, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Gabriela (2012)

Ilhéus
00:30 | Ago. 10, 2021
Autor
Tipo Notícia

A telenovela, que tem Juliana Paes como protagonista, ocorre em uma Bahia da década de 1920. Na época, Ilhéus começava a se transformar por causa das lavouras de cacau e era comandada por ricos fazendeiros.

Entretanto, parte do Nordeste enfrentava uma grande seca, o que fez com que vários retirantes se mudassem para a cidade baiana. Uma dessas pessoas era Gabriela, uma órfã que chega acompanhada dos tios para trabalhar. A partir disso, várias situações movimentam a vida dos moradores da região. No elenco, estão ainda Humberto Martins, José Wilker, Ivete Sangalo, Antônio Fagundes e Maitê Proença.

Inspirada em "Gabriela, Cravo e Canela" (1958), do escritor.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Capitães de Areia (2011)

questões sociais
00:30 | Ago. 10, 2021
Autor
Tipo Notícia

Pedro Bala (Jean Luís Amorim), Professor (Robério Lima), Gato (Paulo Abade), Sem Pernas (Israel Gouvêa) e Boa Vida (Jordan Mateus) formam um grupo denominado de "Capitães de Areia". Abandonados pelas suas respectivas famílias, crescem nas ruas de Salvador e praticam assaltos para sobreviverem.

Por causa disso, os meninos são perseguidos pela polícia, o que não os impedem de continuar. Em um determinado dia, o líder dos garotos conhece Dora (Ana Graciela), uma menina que também vive na mesma condição que os outros.

O enredo do filme é uma adaptação do livro homônimo de Jorge Amado. Lançada originalmente em 1937, a obra coloca em perspectiva questões sociais do Brasil.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

20 anos sem Jorge Amado: conheça quatro adaptações para assistir em casa

No Globoplay
00:30 | Ago. 10, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Há duas décadas, o Brasil perdia um dos maiores nomes de sua literatura: Jorge Amado morreu no dia 6 de agosto de 2001, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Em seus anos de carreira, consagrou-se como um dos escritores nacionais com maior número de vendas e publicou obras como "Capitães de Areia" (1937), "Gabriela, Cravo e Canela" (1958) e "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1966).

Em homenagem ao autor, o Vida&Arte selecionou suas histórias que receberam adaptações para a televisão e para o cinema para você assistir. Todos os conteúdos estão disponíveis no Globoplay.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags