PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Salve-se Quem Puder: Autor considera reação do público no desfecho da novela

Daniel Ortiz analisa desafios, limitações e revela como toma decisões para o final da trama

13:34 | 16/07/2021
Kyra (Vitória Strada), Luna (Juliana Paiva) e Alexia (Deborah Secco) (Foto: Divulgação/Rede Globo)
Kyra (Vitória Strada), Luna (Juliana Paiva) e Alexia (Deborah Secco) (Foto: Divulgação/Rede Globo)

Vai ao ar nesta sexta, 16 de julho, o último capítulo da novela "Salve-se Quem Puder". O autor Daniel Ortiz revelou como decidiu os desfechos das protagonistas Kyra (Vitória Strada), dividida entre Rafael (Bruno Ferrari) e Alan (Thiago Fragoso), e Luna (Juliana Paiva), que precisa escolher se fica com Téo (Felipe Simas) ou Alejandro (Rodrigo Simas).

“Será um critério coerente com a história. E também preciso pensar se a escolha vai gerar emoção para o público”, declarou Ortiz. O autor ainda disse que fica de olho na reação e comentários do público na internet. “Fico feliz com os fandoms, o engajamento e as torcidas. E levo isso em consideração. Mas não posso achar que as redes representam todo os nossos telespectadores”.

Leia também | "A mais brasileira das cantoras", Elizeth Cardoso é homenageada pelo Google

Ortiz diz estar encerrando a novela das sete com um sentimento de alívio e orgulho. “Essa segunda temporada foi gravada durante a pandemia. A gente produziu as novas cenas com tantas limitações... Não só de texto, mas também tivemos que seguir os protocolos de segurança. Tudo que eu tinha imaginado tive que fazer diferente. Fiquei aliviado por ter dado certo mesmo com todos esses problemas de saída de atores".

Para ele, o público não reparou nas limitações e nos desafios enfrentados. "Foi realmente muito complicado. Praticamente joguei fora 40 capítulos e comecei do zero com cenas com poucos personagens por cenário, e quase sem os atores acima de 60 anos. Tive que substituir os idosos por outros. Foi uma correria. A gente fez tudo na raça e deu certo”, afirma.

Leia Também | 10 anos do fim de Harry Potter: o que aconteceu depois da despedida nos cinemas

Durante a tensão nos bastidores, o autor chegou a engordar nove quilos enquanto reescrevia a história. “Eu já perdi quase sete. Não vou dizer que foi a novela mais difícil, mas foi muita tensão porque tive que mexer no texto. O mundo estava tenso também, estava tudo parado. Juntou a tensão da novela com a da pandemia. Então acabei descontando na comida”, confessa.

Leia Também | Festival de Cannes: Curta brasileiro ganha terceiro lugar em mostra

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.