PUBLICIDADE
NOTÍCIA

"Siará Quilombo" promove visibilidade a artistas pretos nas redes sociais do Dragão do Mar

Com curadoria do grupo Nóis de Teatro, projeto "Siará Quilombo" enaltece as artes e iniciativas produzidas por pessoas pretas no Estado com programação intensa nas redes sociais do Dragão do Mar

Lillian Santos
13:57 | 06/07/2020
Apresentado por Henrique Gonzaga e Kelly Enne Saldanha, o programa "Siará Quilombo" desta segunda-feira, 6, terá participação da multiartista cearense Mumu (Foto: Lui Fontenele / divulgação)
Apresentado por Henrique Gonzaga e Kelly Enne Saldanha, o programa "Siará Quilombo" desta segunda-feira, 6, terá participação da multiartista cearense Mumu (Foto: Lui Fontenele / divulgação)

Incentivar, promover e dar visibilidade a formadores e artistas pretos do Ceará são algumas das propostas do projeto “Siará Quilombo”, que realiza uma programação diversificada nas redes sociais do Centro Cultural Dragão do Mar a partir desta segunda-feira, 6. Com curadoria do grupo Nóis de Teatro, formado há 18 anos por artistas da periferia de Fortaleza, “Siará Quilombo” enaltece as artes e iniciativas produzidas por pessoas pretas no Estado.

Dentre produções e apresentações musicais e teatrais, rodas de conversa e programas multiplataforma, o evento ocorre hoje e nas próximas segundas-feiras de julho, dias 13 e 20. O evento de abertura prestará homenagem à Thina Rodrigues, ex-presidente da Associação de Travestis do Ceará (Atrac), que faleceu no último dia 29.

Na ocasião, o programa virtual “Programa Siará Quilombo” terá apresentação do comunicador Henrique Gonzaga e da atriz Kelly Enne Saldanha, e irá exibir entrevistas, quadros musicais e divulgação de iniciativas na Cidade. Com participação do artista Muriel Cruz Phelipe (Mumu) e do coreógrafo e bailarino Gerson Moreno, o Programa Siará Quilombo começa às 21 horas e será exibido no canal do Youtube e no Instagram do Dragão do Mar.

Leia tambémCom Mumu e Noá Bonoba, obra "Notas de uma terra devastada" será apresentada online nesta segunda

No dia 13 de julho, a programação segue com a roda de conversa “Dramaturgias Pretas”. Mediado por Altemar Di Monteiro, diretor do Nóis de Teatro, o bate-papo terá presença dos atores e dramaturgos Jé Oliveira (Coletivo Negro, de São Paulo), Onisajé (Yakekerê no Ilê Axé Oyá L´adê Inan, da Bahia) e Anderson Feliciano (Polifônica Negra, de Minas Gerais), que irão discutir sobre a pluralidade nas produções teatrais, além de debater sobre questões que abordam ancestralidade, movimento e pertencimento.

Já no dia 20, a programação virtual do “Siará Quilombo” encerra com um sarau aberto online que contará com participação dos coletivos da Capital, Sarau da B1 e Sarau Okupação, e dos artistas Bruno Sodré, coordenador do projeto Brincantes Sonoros, e de Doroteia Ferreira, atriz, dançarina e integrante do Nóis de Teatro. Durante a transmissão online, o público também poderá participar ao vivo do sarau com apresentações musicais, teatrais e de poesias.

Leia tambémPodcast Vida&Arte celebra orgulho com Jup do Bairro, Mumu e Ventura Profana

Confira programação do “Siará Quilombo”:

6 de julho

Programa Siará Quilombo: com Henrique Gonzaga (@henriquegoonzaga) e Kelly Enne Saldanha (@kellyennesaldanha) e participação de Muriel Cruz Phelipe e Gerson Moreno.

13 de julho

Roda de conversa Dramaturgias Pretas: mediado por Altemar Di Monteiro (@altemardimonteiro) com participação de Jé Oliveira (@je_oliveiraaaa), Onisajé (@onisaje) e Anderson Feliciano (@andersonfelicyano).

20 de julho

4º ALVOROÇO: Microfone aberto online. Com Bruno Sodré (@sodrebatuqueiro) e Doroteia Ferreira (@dorohferreira).

Quando: segundas-feiras, 6, 13 e 20, às 21 horas
Onde: Instagram e canal do YouTube do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Ouça o Podcast Vida&Arte: