PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Inesp promove sarau on-line com declamação de poemas e entrevista com secretário da Cultura

O evento conta com declamações de poesia da professora e escritora cearense Aíla Sampaio, que recentemente lançou o livro "Literatura no Ceará", e de intervenções do artista plástico Totonho Laprovítera

Natália Coelho
18:41 | 26/06/2020
Professora e escritora, Aíla Sampaio declama poemas em sarau  (Foto: Alan Sousa/Divulgação)
Professora e escritora, Aíla Sampaio declama poemas em sarau (Foto: Alan Sousa/Divulgação)

Para incentivar as produções literárias, o Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), órgão da Assembléia Legislativa, promove o "Sarau Cultural Cadeiras na Calçada”. O evento, que terá um momento de entrevista com o secretário do Estado, Fabiano Piúba, acontece de forma on-line, pela plataforma Zoom, na terça-feira, 30, às 19 horas. É possível acessar a sala por meio do link

O evento conta com declamações de poesia da professora e escritora cearense Aíla Sampaio, que recentemente lançou o livro Literatura no Ceará, e de intervenções do artista plástico Totonho Laprovítera. O sarau cultural também conta com uma apresentação musical de Elpídio Nogueira e Renato Borges.

Com quatro livros de poemas no currículo, a professora Aíla Sampaio ressalta que declamar poemas é uma forma de atrair pessoas para o mundo da literatura, além de ser um momento importante para o poeta. Além disso, fazê-lo durante a pandemia ajuda a desviar “o foco do cinza da vida que a pandemia trouxe, para seduzir as pessoas com palavras e inspirá-las”.

“É muito raro alguém ficar imune ao encantamento da palavra falada. A sedução começa por aí. É bom ouvir os nossos versos pela voz dos outros, sentir como a emoção atravessa as palavras e chega aos nossos ouvidos por via de outra pessoa que dá vida ao que sentimos. Prefiro ouvir meus poemas declamados a declamá-los. Ainda estou fazendo a seleção, mas garanto que não irão faltar poemas de escritores cearenses. Começaremos com um poeta grego e chegaremos até os poetas de casa”, explica a professora, que mantém um registro de seus textos no blog “De Olhos Entreabertos” há mais de 15 anos.

Leia também | Com teatro, música e cinema, confira agenda de lives para o fim de semana

A escritora é inclusive a autora de um dos módulos do curso de Literatura Cerense, promovido pela Fundação Demócrito Rocha.  

Segundo João Milton Cunha, diretor executivo do Inesp, a ideia é que o evento ocorra de forma periódica, sempre na última terça-feira do mês e sempre com um homenageado. Na edição desta semana, será o escritor Artur Bruno, ex-deputado federal e que assina seis livros publicados pelo Instituto.

Leia também | Confira vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2020

“Como a gente está nesse situação e o Inesp tinha muitos projetos que exigiam aglomerações, como lançamentos de livros… Há duas semanas fizemos o nosso primeiro lançamento virtual, que foi o livro Literatura Cearense, da professora Aíla Sampaio. Vi que havia diversas comunidades e academias ligadas à literatura, diversos movimentos literários do Estado. Você tem um público, esse público está isolado e a gente poderia, por meio do Inesp, ter essa proposta cultural”, explica o diretor.

Segundo ele, um dos momentos mais marcantes deve ser a entrevista com o Fabiano Piúba sobre políticas públicas culturais, que poderá ter participação do público em relação às perguntas que serão dirigidas ao secretário.