PUBLICIDADE
NOTÍCIA

71° Salão de Abril realiza programação virtual com curadores em junho

Os curadores da edição participarão de lives para responder perguntas dos artistas selecionados e para discutir o atual cenário de pandemia

14:15 | 04/06/2020
71ª mostra do Salão de Abril tem programação virtual (Foto: Nicolas Leiva)
71ª mostra do Salão de Abril tem programação virtual (Foto: Nicolas Leiva)

Ainda sem data prevista para realizar atividades presenciais, o 71° Salão de Abril promove uma programação com seus curadores nas redes sociais. Promovida pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e pelo Instituto Cultural Iracema (ICI), a iniciativa acontece durante três sextas-feiras seguidas de junho, a partir de amanhã, 5.

Leia também | Exposição "Queerentena", do Museu da Diversidade Sexual, pode ser visitada virtualmente

Os artistas que foram selecionados no edital deste ano enviaram perguntas diversas para serem respondidas durante as transmissões virtuais. Entre os assuntos, está o atual cenário das artes visuais na pandemia do coronavírus.

A primeira live, que ocorrerá na sexta, dia 5, traz a curadora e pesquisadora Júlia Rebouças para a conversa. Nas semanas seguintes, estarão presentes Diego Moreira Matos e Paulo Portella Filho, respectivamente. O objetivo é manter as discussões sobre as artes enquanto não há previsão para o funcionamento regular das atividades.

Leia também | Secult disponibiliza 70 obras na plataforma Cultura Dendicasa

O principal salão de artes cearense contou com 30 projetos selecionados este ano. Entre as linguagens escolhidas, estão pinturas, esculturas, instalações, colagens e gravuras. Com 77 anos de existência, o Salão de Abril faz uma homenagem aos 110° aniversário de Chico da Silva. O artista teve grande influência na história das artes plásticas do Ceará.

Live com curadores

Quando: sexta-feira, 5, às 16 horas, com Júlia Rebouças; sexta-feira, 12, às 16 horas, com Diego Moreira Matos; sexta-feira, 19, às 16 horas, com Paulo Portella Filho
Onde: no canal do Youtube da Secultfor