4ª edição do 'Mulheres Nissan' discute avanços da atuação feminina no setor automotivo

O POVO foi convidado para o Mulheres Nissan, e participou do test drive do novo Sentra 2025

A Nissan Brasil reuniu nos dias 18 e 19 de junho, mais de 40 mulheres entre jornalistas e influenciadoras do setor automotivo, com o objetivo de debater a atuação das mulheres na indústria automobilística e na sociedade. Na ocasião, o grupo foi apresentado ao novo Sentra 2025. O POVO foi convidado para o Mulheres Nissan, evento que chega a sua 4ª edição.

Leia mais |Nissan Sentra 2025 chega ao Brasil com design renovado e mais segurança

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Entre os temas discutidos, destacaram-se as síndromes da mulher maravilha e da impostora, com a participação da psicanalista e escritora Elisama Santos, e da diretora de Logística da Nissan do Brasil, Eliane Cantão.

Veja mais | Nissan apresenta nova Frontier em evento exclusivo para mulheres do setor automotivo do Brasil

Com o tema "nem impostora, nem heroína: a importância do poder pessoal e atuação consciente no universo feminino", a dupla fez inúmeras provocações promovendo um reflexão sobre o quanto muitas mulheres se autosabotam, e de como a sociedade determina e espera uma série de comportamentos da mulher. 
Veja mais | Nissan apresenta novo Versa 2024 em evento exclusivo para mulheres

Outro painel focou em marca pessoal e liderança feminina, com a jornalista Christiane Pelajo e a diretora de Comunicação da Nissan América Latina, Luciana Herrmann.

Os desafios de jornalistas que cobrem o setor automotivo no Brasil 

As mais de 40 profissionais de vários estados do Brasil compartilharam situações e vivências enfrentadas no setor automotivo, incluindo os frequentes conflitos internos que cada uma passa ou passou da carreira.

Em conversa com O POVO, jornalistas e criadoras de conteúdo destacaram a importância de eventos como esse, que são considerados enriquecedores para enfrentar os desafios de um ambiente ainda predominantemente masculino.

Selma Morais, uma das pioneiras no mercado automotivo brasileiro, acredita que esses momentos fortalecem as mulheres e proporcionam um espaço crucial para a troca de experiências e empoderamento. "Esse é um evento que fortalece a mulher. Nós precisamos de todos os segmentos estar com a mulher fortalecida, e o Nissan Mulheres vem exatamente para isso, para nos dar espaço de força e empoderamento", afirmou Selma.

 

Ana Célia, jornalista e advogada do Piauí, ressaltou que a iniciativa promovida pela montadora japonesa deveria servir de exemplo para outras empresas. "Esse tipo de evento é importante para que as mulheres possam ter mais voz no setor automotivo, já que sabemos que a participação feminina ainda é considerada pequena" destaca. 

Essas declarações reforçam os desafios que as mulheres ainda enfrentam no setor automotivo no Brasil, mas também destacam os passos importantes que estão sendo dados para superar essas barreiras.

A troca de experiências e o apoio mútuo são fundamentais para promover um ambiente mais inclusivo e igualitário, troca essa promovida pela montadora japonesa.

Nissan investe em diversidade e inclusão

Durante o evento, o presidente da Nissan do Brasil, Gonzalo Ibarzábal, destacou o aumentou da participação de mulheres em sua equipe de funcionários no Brasil, passando de 20% em 2023 para 23,6% em 2024.

 

A montadora, que promove a 4ª edição do Nissan Mulheres, destacou ainda os avanços em diversidade e inclusão. No Complexo Industrial em Resende, no Rio de Janeiro, a participação feminina aumentou para 21% em 2024, comparado a 9,6% em 2021.

A empresa tem focado na contratação de mulheres desde a seleção de estagiários. No programa de estágio deste ano, 52% dos 128 candidatos aprovados foram mulheres.

"A cada ano do evento, estamos evoluindo e buscando enriquecer o debate para que seja um momento de troca e reflexões sobre os desafios enfrentados pelas mulheres em suas carreiras e no dia a dia, bem como as conquistas alcançadas. Trazemos perspectivas diversas sobre as barreiras que ainda persistem e os avanços que estão sendo alcançados rumo à igualdade de oportunidades. Também estamos agregando cada vez mais homens nessa conversa, como importantes aliados nessa jornada rumo a equidade e inclusão em nossa sociedade", explica Mila Poli, gerente sênior de Comunicação Corporativa da Nissan do Brasil.

 

A jornalista viajou a convite da montadora


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar