PUBLICIDADE
Tecnologia
NOTÍCIA

Spotify anuncia plano de assinatura com músicas em alta qualidade

Serviço deve competir com Deezer HiFi, Tidal e Amazon Music HD, e promete oferecer "qualidade de CD"; preços e prazo para lançamento da modalidade não foram revelados

Bemfica de Oliva
07:50 | 23/02/2021
Spotify promete entregar música com "qualidade de CD", e deve concorrer diretamente com Deezer, Amazon Music HD e Tidal (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Spotify promete entregar música com "qualidade de CD", e deve concorrer diretamente com Deezer, Amazon Music HD e Tidal (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O serviço de streaming de músicas Spotify anunciou nesta segunda-feira, 22, que terá uma opção com canções em alta qualidade de som. A modalidade foi revelada durante o evento virtual "Stream On", organizado pela empresa.

Atualmente, as músicas do Spotify vão até 320 kilobytes por segundo (kbps), na opção de qualidade máxima. Este valor é equivalente aos melhores arquivos MP3 existentes, porém contém perdas significativas em comparação com outros tipos de mídia, como CDs. Usuários da versão gratuita do serviço não têm acesso a essa opção, ficando limitados a 160 kbps.

A novidade vem para competir com serviços como Deezer HiFi, Amazon Music HD e Tidal. Os três serviços oferecem músicas nas qualidades 16 bits/44.1 kHz (chamada habitualmente "qualidade de CD"), enquanto os dois últimos também têm a opção de 24 bits/192 kHz (qualidade de estúdio).

O Spotify não informou quais opções estarão disponíveis para os usuários, mas, segundo o site The Verge, a empresa afirmou que entregará música "em qualidade de CD", abrindo a possibilidade de a ação ser direcionada mais ao Deezer que aos outros aplicativos. O concorrente direto do Spotify cobra R$ 26,90 no plano de alta qualidade, além de ter ofertas similares às do Spotify, com som a 320 kbps e também uma versão grátis, com anúncios.

Já o Tidal custa R$ 33,80 mensais no plano individual, ou R$ 50,70 por mês na modalidade familiar com até seis membros. A falta de uma opção gratuita, no entanto, faz a plataforma ainda ser pouco conhecida pelo público. O Amazon Music HD, por fim, ainda está em poucos países - Alemanha, Espanha, Estados Unidos, França, Itália e Japão - e custa US$ 13 (cerca de R$ 70) para usuários Amazon Prime e US$ 15 (cerca de R$ 80) para o público em geral.

O Spotify não anunciou quando o novo serviço será disponibilizado, em quais países, nem o preço da assinatura. Atualmente as opções pagas custam de R$ 16,90 (uma conta) a R$ 26,90 (plano família com seis contas).

O Twitter da empresa, ao anunciar a novidade, brincou com os "sussurros ocultos" dos cantores Billie Eilish e Finneas. Veja abaixo:


MAIS SOBRE SPOTIFY

>> Youtuber modifica iPod de 2004 para reproduzir músicas do Spotify; veja vídeo

>> Sucesso do cearense Tarcisio do Acordeon, "Meia Noite" é o hit mais ouvido do Brasil no Spotify

>> Retrospectiva Spotify 2020: confira lista das músicas mais ouvidas por brasileiros neste ano

>> Dados de mais de 350 mil senhas do Spotify são achadas por pesquisadores em lista na internet