Participamos do

Descarte de medicamentos: entenda como deve ser feito

O descarte de medicamentos vencidos ou inutilizados no vaso sanitário, na lixeira ou em ralos representa riscos não só a saúde humana, mas também ao meio ambiente. Saiba como deve ser feito o descarte adequado
06:00 | Out. 29, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Medicamentos vencidos ou inutilizados não devem ser descartados no vaso sanitário, na lixeira ou em ralos. O descarte adequado deve ser realizado em pontos de coleta específicos, de onde os medicamentos são encaminhados à destinação certa. O descarte correto de medicamentos é uma obrigatoriedade, segundo estipula a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que elabora o gerenciamento dos resíduos no Brasil. O descarte errado representa riscos não só a saúde humana, mas também ao meio ambiente. 

Descarte de medicamentos: impactos ambientais e na saúde pública

O descarte de um único remédio pode significar um impacto pequeno no meio ambiente, mas o problema está no acúmulo desses rejeites. Certos medicamentos podem atrapalhar o funcionamento correto de organismos aquáticos quando diluídos na água, enquanto outros podem representar um perigo a animais e até seres humanos se encontrados e consumidos. Antibióticos, ainda, fortalecem algumas bactérias quando estão livres e vagando pelo meio ambiente.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Descarte de medicamentos: lei municipal de Fortaleza prevê descarte em farmácias

Em Fortaleza, a lei nº 9927, de 8 de agosto de 2012, prevê o descarte de medicamentos vencidos em farmácias e drogarias. Questionada pelo O POVO sobre locais para descarte na Capital cearense, a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) reforçou o estabelecido pela legislação mencionada. “É de responsabilidade das indústrias farmacêuticas e das empresas de distribuição de medicamentos dar destinação adequada a medicamentos com prazos de validade vencidos”, declarou a autarquia.

Descarte de medicamentos: para onde vão os descartes coletados?

Após o descarte correto, os medicamentos vencidos geralmente são incinerados em usinas, diminuindo os resíduos presentes e sua periculosidade. Esse método também apresenta problemas para o meio ambiente e para a saúde humana devido à emissão de gases e cinzas que podem conter substâncias tóxicas.

Por isso, o processo de incineração precisa de equipamentos sofisticados de alta eficiência de filtração e lavagem de gases, de modo a diminuir os riscos. Até o momento, essa é a melhor destinação dos medicamentos e seus resíduos de serviço de saúde.

Com informações de eCycle

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags