PUBLICIDADE
Saúde
NOTÍCIA

No Ceará, apenas Fortaleza e Sobral apresentaram plano de contingência para o coronavírus

A recomendação da Sesa é de que cada município monte seu próprio plano de contingência para a doença

Júlia Duarte
10:49 | 12/03/2020

Em audiência promovida pelo Ministério Público do Estado do Ceará nesta quinta-feira, 12, representantes da saúde se reuniram para avaliar as medidas que estão sendo aplicadas para conter o novo coronavírus. Até o momento, no Estado, apenas Fortaleza e Sobral apresentaram um plano de contingência para a doença. Ceará tem 9 casos confirmados, 

A recomendação da Secretária da Saúde do Ceará (Sesa) é de que cada município avalie as condições internas e monte medidas específicas de acordo com as demandas da região. Segundo a secretária Executiva de Vigilância e Regulação, Josenília Maria Alves Gomes, a preocupação são grandes cidades no interior como Sobral e Juazeiro do Norte, que têm circulação de muitas pessoas.

A falta desses planos deve influenciar em como os municípios vão lidar com os casos suspeitos, incluindo transporte das amostras e o tratamento dos pacientes.

A promotora de Justiça de Defesa da Saúde Pública, Ana Cláudia Uchoa, reflete que não está sendo feito o trabalho nos interiores e a preocupação são as cidades mandando pacientes para Fortaleza. Além disso, a preparação dos profissionais de saúde não tem sido a ideal."Os interiores que tem acompanhar e monitorar as ações, eles não podem ficar esperando por Fortaleza", reforça ela.

Os promotores de saúde pública de cada cidade vão se responsabilizar, segundo a promotora, pela efetiva aplicação das ações e a cobrança dos planos de contingência.