Forquilha: TRE-CE mantém condenação de coligação por aglomeração, em 2020

A Coligação "Forquilha para Todos" foi condenada por descumprir as medidas sanitárias contra a pandemia da Covid-19, nas eleições de 2020

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) manteve a condenação da Coligação “Forquilha para Todos”, do candidato a prefeito, Edinardo Rodrigues Filho (PDT), e a vice-prefeito, Abdias Araújo Costa, pela prática de aglomerações durante a campanha nas Eleições de 2020.

A decisão do TRE-CE também manteve as multas de 250 mil reais por descumprimento de medidas sanitárias nos dias 8 e 9 de novembro de 2020.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com os termos do processo, foram realizadas carreatas que resultaram em aglomeração de pessoas, sem uso de máscaras e sem observância ao distanciamento social. O então candidato a prefeito, Edinardo Rodrigues, também participou e promoveu condutas proibidas, tendo transitado de motocicleta pela cidade acompanhado de apoiadores.

A relatora Kamile Castro, destacou "a plena ciência dos Recorrentes quanto às decisões proibitivas emitidas pelo Juízo Eleitoral da 121ª ZE/CE e às normas sanitárias" ao votar na sessão de julgamento. Também afirmou que "diante das circunstâncias concretas em que se deram os fatos, não há como conceber que em um município de pequeno porte, os candidatos, partidos e coligações beneficiados não soubessem das articulações desenvolvidas em pleno período de campanha eleitoral, das quais chegaram, inclusive, de uma forma ou de outra, a participar."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

TRE CE Forquilha coligação pandemia COVID 19

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar