Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Anitta diz que "passou horas" conversando com Leonardo DiCaprio sobre o Brasil

Anitta revelou a conversa em seu Twitter, ressaltando que as principais pautas da conversa foram a preservação da Amazônia e a emissão do título de eleitor dos jovens no Brasil

A cantora Anitta afirmou nesta terça-feira, 3, que conversou com o ator e diretor Leonardo DiCaprio sobre a situação política do Brasil. O encontro aconteceu no Met Gala, evento anual que angaria fundos para o Museu Metropolitano de Arte, em Nova York, nos Estados Unidos.

Anitta revelou a conversa em seu Twitter, com autorização do próprio DiCaprio, ressaltando que as principais pautas da conversa foram a preservação da Amazônia e a emissão do título de eleitor dos jovens no Brasil. Ela ainda disse que "passou horas" conversando com astro de Hollywood sobre a emissão do título de eleitor dos jovens com mais de 16 anos no Brasil.

 


Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Vocês sabiam que ele sabe mais sobre a importância da nossa floresta Amazônica do que o presidente do Brasil? Pois sabe", escreveu a cantora. Ela ainda disse que o ator se colocou a disposição para pedir o que for necessário.

A artista ressaltou que já tem algumas ideias do que pedir ao galã de Hollywood, mas só vai fazer isso “se depois que passar o prazo para tirar o título eu ver que muito mais gente fez seu documento”. “Vambora você eu e Leo DiCaprio salvar esse País?”, convocou Anitta.

DiCaprio e o Brasil

Leonardo DiCaprio tem usado as redes sociais para alertar aos jovens brasileiros maiores de 16 anos sobre a importância do voto e de tirar o título de eleitor.

No mesmo dia, o presidente Bolsonaro disse que vídeos publicados com queimadas na Amazônia são "mentirosos". A relação conturbada entre o astro e o preseidente brasileiro começou em 2019, quando DiCaprio comentou sobre o desmatamento na Amazônia e Bolsonaro afirmou que as queimadas haviam sido promovidas por Organizações Não Governamentais (ONGs).

O ator também se manifestou a favor da preservação dos territórios indígenas. Em nota, o ator disse que apoia "o povo do Brasil que trabalha para salvar sua herança natural e cultural". Ele também afirmou estar comprometido em apoiar as comunidades indígenas brasileiras, além de "governos locais, cientistas, educadores e as pessoas que estão trabalhando incansavelmente para garantir a Amazônia para o futuro de todos os brasileiros".

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar