Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Lula promove diálogo com senador Cid Gomes no Palácio da Abolição

Agenda com o pedetista acontece em meio às tensões entre Lula e o ex-ministro Ciro Gomes, irmão de Cid e também presidenciável
13:26 | Ago. 23, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva finalizou no começou da tarde desta segunda-feira, 23, seu encontro com o senador Cid Gomes (PDT), no Palácio da Abolição. Na tentativa de consolidar apoio regional para sua candidatura em 2022, o petista também teve reunião com o senador Tasso Jereissati (PSDB) no início da manhã. 

Durante sua gestão como governador do Ceará, Cid Gomes manteve constante diálogo com Lula. Em 2013, o então chefe do Executivo pelo PSB defendeu a indicação de um nome do partido para vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff na disputa pela Presidência em 2014. O posto foi ocupado por Michel Temer, do MDB. 

 

FORTALEZA, CE, BRASIL, 27-02-2013: Cid Gomes, governador do estado do Ceará, e o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva conversam em evento do Partido dos Trabalhadores (PT). Evento realizado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) que celebra os 10 anos do partido na presidência da república. (Foto: Igor de Melo/O POVO) *** Local Caption *** Publicada em 01/03/2013 - PO 10
FORTALEZA, CE, BRASIL, 27-02-2013: Cid Gomes, governador do estado do Ceará, e o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva conversam em evento do Partido dos Trabalhadores (PT). Evento realizado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) que celebra os 10 anos do partido na presidência da república. (Foto: Igor de Melo/O POVO) *** Local Caption *** Publicada em 01/03/2013 - PO 10 (Foto: IGOR DE MELO)

Apesar dos partidos serem aliados no Ceará, a agenda com o pedetista acontece em meio às tensões entre Lula e o ex-ministro Ciro Gomes, irmão de Cid e também presidenciável. Em sua comitiva, o ex-presidente age para costurar um arranjo regional que lhe permita ter um palanque forte no Estado dominado politicamente pelo grupo político dos Ferreira Gomes. 

Para 2022, o PT também busca o apoio do governador Camilo Santana (PT), inclusive para disputa ao Senado Federal pelo partido. Durante evento no Porto do Pecém, Lula adiantou a estratégia ao afirmar que Camilo estava "com cara de senador". Porém, a decisão encontra resistência entre o comando local do partido que opta majoritariamente por manter aliança com o PDT, apoiando um candidato indicado por Ciro e Cid. 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fiorentina mostra interesse e diretor do clube observa ao vivo Arthur Cabral, ex-Ceará

Mercado da Bola
12:34 | Ago. 23, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Arthur Cabral, cria da base do Ceará, foi sondado pela Fiorentina, equipe da primeira divisão italiana. Com a possibilidade de perder seu principal atacante ainda nesta janela, o sérvio Vlahovic, o dirigente da “Viola”, Nicolas Burdisso, foi pessoalmente acompanhar o confronto do Basel na Conference League para observar o desempenho do camisa 9. A informação foi dada inicialmente pelo jornalista suíço Stefan Kreis, da BlickSports.

Com Vlahovic especulado entre 100 e 90 milhões de euros, em caso de saída do sérvio, a equipe de Florença teria potencial financeiro para uma investida em Arthur. O Palmeiras mantém um acordo com o Basel e a venda do jogador de 23 anos renderia ao Alviverde 4,4 milhões de euros mais 20% do lucro. O Vovô tem direito a 50% do total obtido pelo Palestra.

Arthur tem sido um dos principais destaques do Brasil atuando na Europa. Chamando a atenção de grandes clubes há algumas temporadas, inclusive, na anterior, terminou como o centroavante brasileiro com mais gols dentre os que jogam no velho continente. Pelo Basel, a cria alvinegra tem 52 gols, nove assistências, em 84 jogos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Volta de Lula seria menos traumática do que reeleição de Bolsonaro, afirma FHC 

Eleições 2022
12:31 | Ago. 23, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou nesta segunda-feira, 23, que uma eventual volta de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência da República seria "menos traumática" do que a reeleição de Jair Bolsonaro (sem partido). Durante entrevista ao jornal Correio Braziliense, FHC reforçou que defende uma candidatura do PSDB, mas que uma vitória do petista seria melhor para o Brasil do que a permanência de Bolsonaro. 

"No momento, eu penso que a [reeleição] de Lula é menos traumática para o Brasil, de forma direta. Isso não quer dizer que eu não queira uma via pelo PSDB. Claro que eu desejo. Mas uma coisa é você desejar e trabalhar neste sentido, e outra coisa é analisar a realidade. Assim, por ora, entre Lula e Bolsonaro, acredito que o Lula seja melhor", disse FHC. 

LEIA MAIS l Lula se encontra com Tasso Jereissati em Fortaleza e reforça diálogo com PSDB

O ex-presidente já declarou apoio à pré-candidatura de João Doria (PSDB), atual governador de São Paulo. Ele também manteve sua posição contrária a um processo de impeachment contra Jair Bolsonaro, porém, destacou que a medida pode ser inevitável dependendo da postura do presidente. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Lula se encontra com Tasso Jereissati em Fortaleza e reforça diálogo com PSDB

Eleições 2022
11:44 | Ago. 23, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou a semana realizando uma série de encontro com lideranças políticas no Ceará. O primeiro diálogo foi durante a manhã desta segunda-feira, 23, com o senador Tasso Jereissati (PSDB). A reunião aconteceu no escritório do tucano. A estratégia é atrair aliados e viabilizar a candidatura petista as eleições de 2022. 

Tasso é cotado como possível candidatura de terceira via para 2022 dentro do PSDB. Em março deste ano, o senador comentou sobre uma possível disputa de Lula para a presidência. Em entrevista ao portal El País, ele considerou que o Brasil precisa de “uma grande lição de democracia” com a participação de “todas as correntes ideológicas”.

"Vou ser sincero. Eu gostaria até que o Lula concorresse. No momento que nós vivemos, precisamos de uma grande lição de democracia na próxima eleição. Defendo que todas as correntes ideológicas participem", disse Tasso em entrevista. 

Em maio deste ano, uma publicação da foto dos ex-presidentes Lula (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) causou diferentes reações, aborrecendo também entusiastas de uma terceira via
para a eleição presidencial de 2022. O fato evidenciou que a proximidade entre os partidos ainda incomoda membros tucanos e encontra fortes divergências. 

Nesta segunda, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse, em entrevista ao jornal Correio Braziliense, que uma eventual volta de Lula à presidência da República seria "menos traumática" do que a reeleição de Jair Bolsonaro (sem partido). Em maio, ambos realizaram um encontro para discutir o cenário político. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

ZPE Ceará: reajuste de preços terá 50% de abatimento em 2021

Economia
10:53 | Ago. 23, 2021
Autor Irna Cavalcante
Foto do autor
Irna Cavalcante Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE), a primeira a entrar em operação no Brasil, decidiu reduzir em 50% o percentual de reajuste de preços do setor 1. Os valores são corrigidos anualmente pelo Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M), que sofreu variação de 25,71%, de fevereiro de 2020 a janeiro de 2021. Porém, para manter as condições empresariais competitivas em meio à pandemia, o percentual que será aplicado pela ZPE cearense até 31 de janeiro de 2022 será de 12,85%.

A decisão foi tomada na 144ª Reunião de Diretoria Executiva da ZPE, do início deste mês, e publicada no Diário Oficial do Estado no último dia 17. Na justificativa da portaria 38/2021, o presidente da ZPE Ceará, Eduardo Neves, pondera que a nova tabela de preços com 50% de abatimento no reajuste leva em consideração "a necessidade de manter condições comerciais e empresariais atrativas e competitivas na gestão e desenvolvimento da ZPE do Pecém mesmo durante o difícil período experimento em razão da pandemia".

Os efeitos da portaria terão vigência e validade até 31 de janeiro de 2022, automaticamente prorrogados até nova atualização, podendo sofrer adequações de acordo com as necessidades operacionais.

 

LEIA TAMBÉM | Novo marco legal favorece atração de empresas setor 2 da ZPE do Ceará

No primeiro semestre deste ano, a ZPE do Ceará registrou crescimento de 17,3% na sua movimentação de cargas. Foram mais de 6,3 milhões de toneladas (t) que passaram pelos gates da free trade zone (portões de comércio livre) cearenses, aproximadamente 930 mil t a mais ante igual período do ano passado.

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

No Ceará, Lula realiza encontros com Tasso Jereissati, Eunício Oliveira e Cid Gomes

Política
10:38 | Ago. 23, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realiza nesta segunda-feira, 23, no Ceará, um encontro com lideranças partidárias cearenses. Nesta manhã, o petista se reúne com o senador Tasso Jereissati (PSDB). Depois, ele fará encontros separados com Eunício Oliveira, do MDB, e com Cid Gomes, do PDT.

A estratégia e atrair aliados e viabilizar a candidatura petista as eleições de 2022. Em março deste ano, apesar do partido ser oposição ao PT no Ceará, o senador Tasso Jereissati afirmou ser favorável a uma possível candidatura de Lula para a presidência.

Em entrevista ao portal El País, o tucano considerou que o Brasil precisa de “uma grande lição de democracia” com a participação de “todas as correntes ideológicas”. Mesmo apoiando uma candidatura de terceira via e enfrentando divergências entre tucanos, o ex-presidente e cacique tucano Fernando Henrique Cardoso também já realizou encontro com Lula durante almoço em São Paulo

LEIA MAIS l Lula, Eunício e o "palanque duplo" no Ceará

Este também é o segundo encontro entre Lula e Eunício Oliveira. Em maio, os dois estiveram em Brasília acompanhados também da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e do senador Paulo Rocha (PT-PA). O cearense é dos líderes do MDB mais próximos de Lula, de quem foi ministro das Comunicações (2004-2005) e o emedebista que mais mantém diálogo frequente com o ex-presidente. 

Para esta segunda, Eunício disse que terá "conversa franca, entre dois amigos", com o petista em Fortaleza. Opositor do PDT de Ciro Gomes no Ceará, o líder do MDB está definindo posição do partido para 2022 no Ceará e defende já ter presença "garantida" na disputa eleitoral do ano que vem.

A grande novidade é o diálogo agendado com o senador Cid Gomes (PDT). Apesar de integrar grupo político aliado do governador Camilo Santana (PT) e do Partido dos Trabalhadores no Ceará, o pedetista é irmão de Ciro Gomes, também presidenciável e recente desafeto de Lula. 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags