PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Sob comando de Evandro Leitão, Assembleia fará debates nas 14 macrorregiões do Ceará

As viagens para o Interior terão o objetivo de ouvir as demandas do setor produtivo do estado, atingido pela crise do novo coronavírus

Filipe Pereira
17:45 | 15/07/2021
Pacto contra o Coronavírus promoverá diálogo para ouvir setor produtivo nas Macrorregiões do Ceará (Foto: Foto: Edson Júnio Pio)
Pacto contra o Coronavírus promoverá diálogo para ouvir setor produtivo nas Macrorregiões do Ceará (Foto: Foto: Edson Júnio Pio)

As ações do Pacto contra Coronavírus inicia a partir de agosto uma série de diálogos com o setor produtivo em 14 macrorregiões do Estado. O anúncio foi feito pelo presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT) - um dos pré-candidatos ao Governo do Estado -, durante pronunciamento em sessão de encerramento das atividades do primeiro semestre de 2021. Na ocasião, o parlamentar realizou um balanço sobre as atividades Casa desde fevereiro deste ano.

"O pacto tem essa missão. Além da questão sanitária, também temos a socioeconômica. Vamos fazer debates regionalizados para receber as principais demandas dessas localidades. Serão conversas regionais com as 14 macrorregiões do Ceará para que a gente possa escutar o setor produtivo, para ele passar quais são suas principais dores e demandas. A partir daí vamos fazer o devido encaminhamento para o Executivo", adiantou Evandro.

De olho na disputa eleitoral de 2022, essa será também uma oportunidade para Evandro Leitão rodar todo o Ceará e construir vínculos com forças políticas do Interior. Ser conhecido para além da Capital é fundamental para quem almeja chegar ao comando do Palácio da Abolição. Movimento semelhante está sendo feito pelo principal nome da oposição até o momento na disputa pela sucessão de Camilo Santana (PT), o deputado federal Capitão Wagner (Pros). Desde o mês de maio, o parlamentar tem participado de eventos em várias cidades do interior. 

LEIA MAIS l "Pandemia foi a questão central", afirma Evandro Leitão, presidente da Assembleia Legislativa

Em vigência desde o dia 2 de julho, o Pacto tem como objetivo coordenar uma série de ações envolvendo os diversos setores para evitar nova alta de casos de Covid-19, principalmente em julho, período de alta estação. A primeira atividade do projeto contou com a disponibilização de um ônibus com pontos de internet móvel para o cadastramento da população no sistema de vacinação contra Covid-19. 

Fazem parte do Pacto as seguintes instituições:

Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec)
Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio)
Câmara de Dirigentes Lojistas do Ceará (CDL)
Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE)
Ministério Público Federal (MPF)
Ministério Público Estadual (MP-CE)
Defensoria Pública do Estado do Ceará
Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE)
Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará (OAB-CE)
Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS)
Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece)
Universidade Estadual do Ceará (Uece)
Universidade Federal do Ceará (UFC)
Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon).