PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Governadores solicitam meta de 1 milhão de brasileiros vacinados por dia até metade abril

Gestores dos estados do Brasil estiveram reunidos com o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (Democratas) na manhã desta sexta-feira, 26.

Filipe Pereira
12:52 | 26/03/2021
Reunião remota entre os governadores dos estados brasileiros (Foto: Reprodução Instagram)
Reunião remota entre os governadores dos estados brasileiros (Foto: Reprodução Instagram)

Governadores dos estados do Brasil se reuniram na manhã desta sexta-feira, 26, com o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (Democratas). O encontro foi o primeiro após o anúncio de criação do comitê anti-Covid pelo presidente Jair Bolsonaro na quarta-feira, 24. Na ocasião, um dos pedidos feitos pelos gestores  foi o cumprimento da meta de 1 milhão de brasileiros vacinados por dia até o meio de abril. 

Segundo informações do portal G1, apenas Sergipe, São Paulo e Tocantins mandaram vices à reunião. Os demais estados foram representados por seus governadores. Também esteve presente o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), junto da vice-governadora Izolda Cela (PDT) e do secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins, Dr. Cabeto.

Segundo o jornal, o governador do Piauí e coordenador do fórum que representa os entes, Wellington Dias (PT), criticou a ausência dos estados e municípios no comitê. “O tema principal é vacinas, ao que propusemos que possamos fazer uma agenda em conjunto com o secretário da Organização Nacional das Nações Unidas, para que possamos ter a entrega de vacinas, a sensibilidade do mundo para ajudar o Brasil com mais vacinas”, afirmou o governador. 

Ainda segundo o G1, a assessoria de Dias informou outras demandas levadas pelos governadores ao presidente do Senado na reunião:

- Acompanhamento, de forma integrada entre União e estados, do cumprimento dos contratos e cronogramas de entregas de insumos e vacinas por outros países;

- Pedido de agenda com o secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres;

- Apoio aos municípios em relação à Atenção Básica de Saúde, à distribuição de máscaras e kits de higiene, à implementação de barreiras para entrada nas cidades e também barreiras sanitárias nos aeroportos.