PUBLICIDADE
Política
Noticia

Deputados cearenses cobram votação sobre suspensão de André Fernandes

Parlamentar é alvo de processo de investigação por quebra de decoro por ter acusado um parlamentar de apresentar projeto para beneficiar o crime organizado. A denúncia acabou sendo arquivada por falta de provas

17:48 | 11/05/2020
Deputado bolsonarista, André Fernandes pode ser suspenso por quebra de decoro
Deputado bolsonarista, André Fernandes pode ser suspenso por quebra de decoro (Foto: Beatriz Boblitz)

Durante reunião do Colégio de Líderes, realizada nesta segunda-feira, 11, parlamentares da Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE) cobraram a tramitação do parecer do Conselho de Ética que determina a suspensão temporária do deputado André Fernandes (PSL). O parlamentar é alvo de processo de investigação por quebra de decoro por ter acusado, sem provas, parlamentar de apresentar projeto para beneficiar o crime organizado.

No dia 17 de março, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) aprovou o parecer de suspensão suspensão por 30 dias. Em votação secreta, deputados aprovaram o texto com sete votos favoráveis e um contrário. Após ser convertido em projeto de resolução, foi enviado enviado ao plenário da Casa.

André Fernandes foi denunciado ao Conselho de Ética porque falou, na tribuna da Assembleia Legislativa, receber “denúncias diárias” de que haveria deputados envolvidos com facções criminosas. “Todo dia chega gente no meu gabinete dizendo que deputados estaduais estão envolvidos com facções criminosas (…), os deputados estão sendo controlados”, afirmou ele. “Nem todos, mas alguns fazem parte desse jogo”, completou.

Com a repercussão que o episódio ganhou, André Fernandes formalizou denúncia ao Ministério Público. Nela apontou o nome de Nezinho Farias (PDT) por supostamente ter relação com facções criminosas no Estado. Porém, Fernandes não apresentou nenhuma prova e teria confundido e-sports — jogos eletrônicos competitivos — e jogo do bicho — prática criminosa de apostas. O MP acabou arquivando o caso e, mais tarde, Fernandes cedeu e pediu desculpas, mas a suspensão é defendida por vários deputados.

| LEIA TAMBÉM |

Deputado André Fernandes é condenado em ação indenizatória por dano moral

Prefeito rebate André Fernandes por fake news: "Ele será cobrado por isso"

Aliado de Bolsonaro vota contra punição a fake news no Ceará para que haja "liberdade de expressão"