PUBLICIDADE
Política
Noticia

"Será um erro do partido igual ou maior ao do impeachment", diz Eunício sobre Osmar Terra na Saúde

Chance de Mandetta ser demitido foi aventada ao final da tarde desta segunda-feira, 6

Carlos Holanda
18:13 | 06/04/2020
Ex-presidente do Senado Eunício Oliveira
Ex-presidente do Senado Eunício Oliveira (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-presidente do Congresso, Eunício Oliveira, pretende jogar sua influência no MDB Nacional para barrar a possibilidade de Osmar Terra assumir o comando do Ministério da Saúde, como se especulou no final da tarde desta segunda-feira, 6. Os atritos entre presidente Bolsonaro e o atual titular da pasta, Luiz Henrique Mandetta, têm ficado mais evidentes à medida em que a crise do coronavírus evolui pelo País.

A avaliação do ex-senador, um dos caciques da legenda a nível nacional, é de que o endosso do MDB à eventual nomeação "será um erro para o partido igual ou maior ao do impeachment (da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016)", disse, ao O POVO, dadas as proporções da pandemia.

Na prática, a frase de Eunício tem feições de autocrítica. Isso porque, na ocasião, ele votou "sim" pela deposição da petista da Presidência da República. A Casa era conduzida pelo correligionário dele, Renan Calheiros (MDB-AL). Em 2018, durante o pleito de reeleição para o Senado, o emedebista se reaproximou do grupo de situação local, que inclui Camilo Santana (PT), e adotou um discurso mais alinhado aos antigos aliados.

Indagado se expressará a posição formalmente para o presidente do partido, o deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP), e para os demais líderes, o cearense disse: "Já comuniquei minha posição a todos", declarou, também ao O POVO.

E adicionou: "Se depender de mim, a executiva não endossará. Ele pode até ir na cota pessoal do presidente e se licenciar do MDB". O emedebista ainda frisou que não possui desavenças com Terra "do ponto de vista pessoal."

A fala de Eunício parece ter respaldo de Baleia Rossi. O deputado afirmou pelo Twitter que o MDB não conversa com o Planalto sobre alterações no Ministério da Saúde. "Como a maioria dos brasileiros, acho que
@lhmandetta (conta de Mandetta) faz um bom trabalho", escreveu, no Twitter.

Mais cedo, Eunício havia saído em defesa de Mandetta via Twitter. Segundo escreveu, Mandetta conduz bem a pasta em meio ao avanço da pandemia.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >