PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

OAB-CE cria comissão para apurar conflitos causados durante paralisação da Polícia no Estado

Segundo nota da OAB-CE, a comissão será acompanhada pelos advogados Waldir Xavier de Lima, Ademar Mendes Bezerra e Flávio Jacinto

23:26 | 20/02/2020
SOBRAL - CE, BRASIL, 20-02-2020: Retroescavadeira utilizada pelo senador licenciado Cid Ferreira Gomes para tentar adentrar 3o batalhão da polícia Militar de Sobral ainda encontrava-se no mesmo local na manhã do dia 20 de fevereiro atraindo curiosos. Cid Ferreira Gomes foi atingido por dois projéteis de .40 durante a greve dos Policiais militares.  (Foto: Júlio Caesar / O Povo)
SOBRAL - CE, BRASIL, 20-02-2020: Retroescavadeira utilizada pelo senador licenciado Cid Ferreira Gomes para tentar adentrar 3o batalhão da polícia Militar de Sobral ainda encontrava-se no mesmo local na manhã do dia 20 de fevereiro atraindo curiosos. Cid Ferreira Gomes foi atingido por dois projéteis de .40 durante a greve dos Policiais militares. (Foto: Júlio Caesar / O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE), Erinaldo Dantas, assinou, na tarde desta quinta-feira, 20, uma portaria que determina a criação da Comissão Especial de Observadores da Ordem para apurar conflitos advindos dos motins policiais no Estado. O fato vem da "preocupação com acontecimentos".

Segundo nota da OAB-CE, a comissão será acompanhada pelos advogados Waldir Xavier de Lima, Ademar Mendes Bezerra e Flávio Jacinto. Eles trabalharão para garantir isenção de todos os fatos a serem apurados pelas autoridades. Garantia da Lei e da Ordem no Estado foi determinada pelo Governo Federal nesta quinta-feira

"Estamos em uma situação onde o diálogo é fundamental. E a Ordem dos Advogados cumpre sua função institucional, seguindo com rigor o princípio das leis e, principalmente, visando a segurança dos cidadãos e a paz em todo o nosso Estado", pondera Erinaldo Dantas, presidente da OAB-CE.