Participamos do

Alemanha: casal bate recorde mundial ao montar 444 árvores de Natal em casa

Em 2020, os dois haviam posicionado 420 árvores e bateram o própio recorde; casal mantém hábito há dez anos
04:29 | Dez. 16, 2021
Autor Neto Ribeiro
Foto do autor
Neto Ribeiro Repórter Mídias Sociais
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Intrigados a saber quantas árvores de natal cabiam dentro da residência, o casal Thomas e Susanne Jeromin, radicados na Alemanha, realizou o feito e montou 444 árvores natalinas e distribuiu na própria casa. Ao todo, foram utilizadas mais de 10 mil bolinhas coloridas e 300 fios de luzes, os pisca-piscas, para decorar os símbolos do Natal.

E como resultado eles obtiveram o recorde mundial do feito, que foi conferido por Olaf Kuchenbekcer, juiz de registros do Instituto de Recordes Mundiais da Alemanha. Eles receberam um certificado comprovando o feito. "(...) o Instituto Alemão de Recorde Mundial confirma o novo recorde mundial de 444 árvores de Natal decoradas", apontou o certificado entregue à família Jeromin.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Esta não foi a primeira vez que o casal ganhou o título. Em 2020, durante a pandemia da Covid-19, os dois obtiveram o recorde ao posicionarem 420 árvores em casa. Já neste ano, o objetivo foi ampliado e eles conseguiram colocar mais 24 árvores natalinas e bateram o próprio recorde. A tradição deles vem sendo construída há 10 anos.

Nenhum cômodo da residência foi "desperdiçado". Eles contam com árvores por todos os lados, de diferentes tamanhos, cores e decorações. Sobrou espaço até para bonecos da franquia "Star Wars" serem posicionados nas árvores.

De tão chamativo, o lar dos Jeromin virou atração na cidade onde moram, Rinteln, localizada no norte do país. Eles começaram o projeto de contrução em setembro para que fosse possível chegar em dezembro com as várias árvores posicionadas em seus devidos lugares.

Mais notícias internacionais

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags