Participamos do

Google vai dar R$ 9 mil reais para funcionários ao redor do mundo

Estima-se que os custos à operação ultrapassará R$ 1.2 bilhão
02:01 | Dez. 13, 2021
Autor Neto Ribeiro
Foto do autor
Neto Ribeiro Repórter Mídias Sociais
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O que você faria se recebesse R$ 9 mil reais de presente no seu trabalho? O que parece improvável para muitos, vai virar realidade para outros. Acontece que o Google anunciou na quarta-feira, 8, que dará o montante de US$ 1,6 mil (aproximadamente R$ 9 mil na cotação atual) para seus funcionários ao redor do mundo, incluindo os estagiários.

A inciativa é uma forma de subsidiar os colaboradores que estarão prestando seus serviços em formato de home office, além de um "bônus do bem-estar", conforme informou o porta-voz da companhia norte-americana. Os custos para a operação não foram revelados, mas estima-se que o valor reservado à ação será de US$ 224 milhões (R$ 1.2 bilhão), já que a empresa conta com 140 mil funcionários espalhados pelo Mundo.

Na semana passada, o Google havia noticiado que adiaria o plano de retorno de seus funcionários ao formato presencial por conta de temôres ocasionados pela nova variante do coronavírus, a Ômicron. Outro motivo para o adiamento ocorreu devido a alguns colaboradores relutarem para serem vacinados.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O benefício de "bem-estar", por sua vez, foi concedido após uma pesquisa interna do Google revelar a queda com relação ao ano passado. Na ocasião, a empresa adotou uma série de benefícios para seus trabalhadores e deu um bônus em dinheiro de US$ 500 para cada um deles.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags