Participamos do

Bulgária: acidente com ônibus deixa 46 pessoas mortas e sete feridas

Causas do acidente com grupo da Macedônia do Norte, que voltava de passeio na Turquia, ainda são desconhecidas; ônibus pegou fogo e colidiu com barreira na estrada
03:55 | Nov. 23, 2021
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um ônibus turístico da Macedônia do Norte sofreu um acidente que levou mais de 40 pessoas a óbito na madrugada desta terça-feira, 23. O acidente aconteceu próximo à cidade de Bosnek, na Bulgária.

O grupo voltava de um passeio à Turquia, no fim de semana, quando o acidente aconteceu. Além de ter batido em uma barreira da estrada, o ônibus pegou fogo. Ainda não se sabe em que ordem os acontecimentos ocorreram, nem a causa do acidente.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ao todo, 53 pessoas estavam dentro do veículo, incluindo 12 crianças. Destas, sete conseguiram pular das janelas e foram levadas a um hospital na capital Sófia. Elas estão recebendo tratamento para as queimaduras e, segundo o governo búlgaro, seguem em condição de saúde estável.

As primeiras informações indicavam que as vítimas eram da Macedônia do Norte, onde o ônibus estava registrado, mas a polícia informou que apenas os dois motoristas eram procedentes do país e os demais passageiros eram "todos albaneses". "A única coisa que está clara é que o ônibus tinha placa da Macedônia do Norte", afirmou o primeiro-ministro interino da Bulgária, Stefan Yanev, que compareceu ao local do acidente e se recusou a revelar detalhes sobre a nacionalidade das vítimas.

O ônibus fazia a viagem entre Istambul e Skopje, a capital da Macedônia do Norte. A tragédia aconteceu às 2h locais, em uma rodovia próxima do município de Bosnek, 40 km ao sul de Sófia, informou o comissário Nikolay Nikolov, diretor do serviço de luta contra desastres. "Sete passageiros (duas mulheres e cinco homens) foram resgatados e levados para um hospital da capital", disse. "O motorista morreu na hora, então ninguém conseguiu abrir as portas para permitir que os passageiros escapassem das chamas", disse o chefe de polícia Stanev.

"Os sobreviventes estão traumatizados, perderam parentes, os filhos. Conseguiram pular pelas janelas", disse Maya Arguirova, diretora do centro de de tratamento de queimaduras que recebeu os feridos. "É uma tragédia", declarou o primeiro-ministro da Macedônia do Norte, Zoran Zaev. "Equipes devem viajar ao local para participar no resgate", disse.

Com informações da AFP

* Atualizada às 6h40min

Mais notícias internacionais

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags