PUBLICIDADE
Mundo
Noticia

Trump diz que haverá "transição ordenada" no dia da posse de Biden

O presidente estadunidense manteve sua posição de contestar o resultado da eleição.

07:50 | 07/01/2021
A declaração de Trump foi publicada no Twitter do porta-voz da Casa Branca, Dan Scavino. (Foto: MANDEL NGAN / AFP)
A declaração de Trump foi publicada no Twitter do porta-voz da Casa Branca, Dan Scavino. (Foto: MANDEL NGAN / AFP)

Minutos depois de o Congresso dos EUA certificar a vitória de Joe Biden, Donald Trump disse nesta quinta-feira, 7, que haverá uma transição ordenada no dia 20 de janeiro. O presidente estadunidense manteve sua posição de contestar o resultado da eleição. 

A declaração de Trump foi publicada no Twitter do porta-voz da Casa Branca, Dan Scavino. “Embora eu discorde totalmente do resultado da eleição, e os fatos me confirmem, haverá uma transição ordenada no dia 20 de janeiro. Sempre disse que continuaríamos nossa luta para garantir que apenas os votos legais fossem contado", afirma. "Embora isso represente o fim do maior primeiro mandato da história presidencial, é apenas o começo de nossa luta para Tornar a América Grande Novamente!”, conclui.

O comunicado ocorre depois de um dia de violência em Washington, quando apoiadores de Trump invadiram o Capitólio. No local, o Congresso se reunia para certificar a vitória de Biden. Segundo a polícia, quatro pessoas morreram - uma mulher baleada e outras três, por emergências médicas não explicitadas.

Momentos antes da invasão, Trump havia discursado por mais de uma hora afirmando que “jamais” reconheceria sua derrota e pressionando os congressistas a ignorar os votos legais. Com a invasão, a sessão do Congresso foi suspensa e retomada somente durante a noite. A vitória do democrata Joe Biden foi confirmada no início por volta das 3h40 min (5h40min no horário de Brasília).