PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

"Síndrome de Lázaro": garota de 12 anos teria ressuscitado momentos antes de seu funeral

Durante a preparação de seu enterro uma síndrome fez com que seu coração tornasse a bater, mas ela logo voltou a ser dada como morta

16:03 | 24/08/2020
Garota ressuscitou mas não resistiu e foi declarada como morta novamente  (Foto: Andy Buchanan / AFP)
Garota ressuscitou mas não resistiu e foi declarada como morta novamente (Foto: Andy Buchanan / AFP)

Uma garota de 12 anos gteria ressuscitado momentos antes do seu funeral acontecer, na cidade de Probolinggo, Indonésia. Conforme portal Notícias ao Minuto, Siti Masfufah Wardah morreu nessa última semana, após seus órgãos falharem em decorrência de uma diabetes crônica. Durante a preparação de seu enterro uma síndrome fez com que seu coração tornasse a bater- mas o caso inusitado durou pouco e Siti voltou a ser dada como morta.

De acordo com reportagem, após médicos informarem que Siti havia morrido, familiares foram ao hospital e buscaram seu corpo para que fossem iniciados procedimentos fúnebres. Um desse processos é o banho, etapa em que o defunto passa por uma limpeza e passa a ser preparado para o enterro.

| LEIA MAIS |

Noiva fantasma: com um buquê nas mãos, suposto espirito é flagrado por câmera de segurança

Homem é criticado após aparecer "montando" em um tubarão-baleia; Veja vídeo

Foi durante esse momento que o inusitado aconteceu. Sem acreditar no que presenciavam, os parentes de Siti a observaram abrir os olhos e até mesmo a realizar movimentos, com a temperatura corporal e as batidas de seu coração voltando à normalidade.

Em pouco tempo após o ocorrido, uma equipe de médicos chegou até o local e prestou assistência à garota. Siti chegou a ser ligada a uma maquina de oxigênio, mas não demorou muito e os profissionais tornaram a declara-la como morta.

Como explicação à família, os médicos explicaram que Siti havia sofrido a "síndrome de Lazarus", procedimento batizado em alusão à figura bíblica e que ocorre quando a circulação volta a correr de forma espontânea no corpo. Depois do "susto", a garota foi enterrada em um cemitério local.