PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Ex-senadora colombiana que fugiu na garupa de uma moto é presa na fronteira

A ex-senadora foi condenada a 15 anos por corrupção e porte ilegal de armas

07:46 | 29/01/2020
Ela havia sido liberada para um consulta com dentista no norte da capital da Colômbia. Merlano foi levada ao local em veículo da penitenciária e acompanhada por duas agentes prisionais.
Ela havia sido liberada para um consulta com dentista no norte da capital da Colômbia. Merlano foi levada ao local em veículo da penitenciária e acompanhada por duas agentes prisionais. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
A polícia da Venezuela prendeu ontem uma ex-senadora colombiana que atravessou a fronteira ilegalmente, disseram autoridades, quatro meses depois que Aída Merlano escapou da custódia ao deixar o consultório de seu dentista, em Bogotá. A ex-senadora conservadora, condenada e presa no ano passado por comprar votos, protagonizou uma fuga cinematográfica em outubro, descendo por uma corda do consultório e fugindo na garupa de uma motocicleta.
O Ministério da Justiça da Colômbia disse que pedirá a extradição de Merlano por meio do líder da oposição, Juan Guaidó. No entanto, é Nicolás Maduro que ainda mantém o controle da polícia e do Judiciário. (com agências internacionais)
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.