PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Militar que participou de resgate em caverna na Tailândia morre vítima de infecção contraída na operação

A Marinha da Tailândia confirmou o óbito, mas não deu detalhes acerca da doença contraída pelo homem

21:35 | 27/12/2019
Ao todo, 12 meninos entre 11 e 16 e o treinador da equipe Javalis Selvagens foram resgatados da caverna.
Ao todo, 12 meninos entre 11 e 16 e o treinador da equipe Javalis Selvagens foram resgatados da caverna. (Foto: Reprodução / Facebook )

Participante da operação que resgatou 13 pessoas do time amador Javalis Selvagens de uma caverna na Tailândia, no ano passado, Beiret Bureerak morreu nesta sexta-feira, 27, por conta de uma infecção no sangue que foi contraída durante a ação de socorro.

O militar passava por tratamento para erradicar a infecção, mas seu quadro clínico apresentou piora e ele não resistiu. A morte do militar ocorreu quase um ano e meio depois de o resgate bem-sucedido ter acontecido. A Marinha da Tailândia confirmou o óbito, mas não deu detalhes acerca da doença que foi contraída por Bureerak.

Esta é a segunda morte de pessoas que participaram da operação de resgate. Durante o período de salvamento, um mergulhador da Marinha morreu por asfixia após ficar sem oxigênio quando tentava retornar à entrada da caverna Tham Luang.

Ao todo, 12 meninos entre 11 e 16 e o treinador da equipe Javalis Selvagens foram resgatados da caverna. Eles entraram no local para passarem pouco tempo, mas foram pegues de surpresa por uma inundação que os deixaram ilhados.

Clique aqui e relembre a história