Dupla é suspeita de expulsar moradores para traficar drogas no Canindezinho

Homens foram presos e, com eles, a PM apreendeu158 gramas de maconha, substância análogo a loló, seis munições de arma de fogo, uma balança de precisão e comprimidos

Dois homens foram presos pela Polícia Militar na terça-feira, 15, no conjunto Coração de Jesus, localizado no bairro Canindezinho, em Fortaleza. A prisão ocorreu após os PMs receberem denúncia sobre criminosos que haviam expulsado moradores de uma casa e estavam usando o local como "laboratório de drogas".

Conforme Auto de Prisão em Flagrante (APF), ao chegarem ao local, os policiais visualizaram diversos tubos pequenos espalhados, que eram utilizados para armazenar drogas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“O imóvel estava aberto e com sinais de abandono e, ao chegarem no último cômodo da casa, encontraram uma pessoa agachada e escondida, identificada como sendo Leonardo André Soares da Silva”, consta em decisão de audiência de custódia.

No local, prossegue o APF, foram encontrados 158 gramas de maconha, um tubo plástico contendo líquido semelhante à droga loló, seis munições de arma de fogo, uma balança de precisão e diversos comprimidos de Artane.

“Quando estavam prestes a sair do local, chegou uma outra pessoa, identificada como sendo Leandro Ferreira de Almeida, dizendo ser o dono de todo aquele material ilícito”.

Leandro e Leonardo foram encaminhados para o 32º Distrito Policial (32º DP), onde foram autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas. Eles também foram autuados pela posse de munição de uso permitido.

Os dois tiveram a prisão preventiva decretada em audiência de custódia realizada nessa quinta-feira, 16.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar