Casal é preso em flagrante suspeito de "desovar" corpo no Ancuri

Vítima, um homem ainda não identificado formalmente, tinha 11 perfurações à faca. Cadáver foi carregado em um carrinho de reciclagem. Polícia Civil investiga o caso

Um casal foi preso em flagrante por policiais militares suspeito de "desovar" um corpo em um matagal nas proximidades do residencial Luiz Gonzaga, no bairro Ancuri, em Fortaleza. A prisão ocorreu na noite dessa quinta-feira, 9.

Francisco Wellington Silva Barbosa, de 37 anos, e Sonia Maria Soares Damasceno, de 47 anos, teriam se livrado do corpo da vítima, um homem que ainda não foi identificado oficialmente, após carregá-lo em um carrinho de reciclagem.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Conforme Auto de Prisão em Flagrante (APF), o cadáver tinha 11 perfurações provocadas por faca. Nesta sexta-feira, 10, Francisco Wellington e Sonia Maria foram submetidos à audiência de custódia. Os dois tiveram a prisão preventiva decretada.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Francisco Wellington tem passagens pela Polícia por homicídio doloso, fuga de unidade prisional, roubo, porte ilegal de arma de fogo, dano e ameaça.

O 6º Distrito Policial (6º DP) investiga as circunstâncias do crime para identificar as causas do assassinato e se há mais pessoas envolvidas na ação.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar