Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Ateliê de projeto Costurando o Futuro é inaugurado no Conjunto Ceará

Projeto disponibiliza máquinas de costura para estimular desenvolvimento econômico da comunidade

O novo ateliê colaborativo do Costurando o Futuro foi entregue nesta quinta-feira, 4, e fica localizado no Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) do Conjunto Ceará. O espaço é o oitavo equipamento do projeto, que disponibiliza máquinas de costura para promover a inclusão produtiva, economia criativa e o desenvolvimento econômico de Fortaleza.

O projeto é realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE). Na Capital, já havia equipamentos localizados no Centro de Referência do Bom Jardim, no Vila União, na Pracinha da Cultura do Ancuri, no Cuca Jangurussu, Pracinha do Vila Velha, no Cristo Redentor, e no Cuca José Walter.

Conforme a SDE, o ateliê disponibiliza máquinas profissionais do tipo: reta, overloque, galoneira, bordado e máquina de corte. O prefeito Sarto esteve na entrega do espaço e comentou sobre o impacto que o local terá na vida da população da região.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Este é o oitavo espaço, e nosso objetivo é instalar 22 equipamentos desse tipo em Fortaleza, 15 somente este ano. É um espaço compartilhado, participativo e gratuito de convivência. Aqui no Conjunto Ceará tem muitas costureiras que precisam apenas de uma mãozinha e de uma máquina para começar. Quem entra aqui pode, inclusive, ingressar em outros projetos da Prefeitura, como o Fortaleza Capacita, o Fortaleza + Futuro e o Nossas Guerreiras”, disse. 

Meiriluce de Oliveira, a qual costura há 20 anos, estava no CCDH prestigiando a abertura da nova sala do Costurando o Futuro. “Às vezes a costureira precisa pagar caro para usar equipamentos ou fica sem trabalho. E aqui também é um espaço de convivência. Eu posso ensinar minhas amigas e ajudá-las a tirarem um dinheiro a mais no mês”, disse em entrevista publicada no site da Prefeitura. 

De acordo com a SDE, o Costurando o Futuro é um programa que trabalha com ocupação e renda, feito em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDHDS), que faz o acompanhamento da população através dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centros de Cidadania e Direitos Humanos (CCDHs).

“Este é um programa que a gente tem investido muito e que transforma a vida das participantes rapidamente. Além disso, nós disponibilizamos um box na nova feirinha da Beira Mar para que elas possam expor e vender suas produções. De acordo com um revezamento, elas estão lá vendendo e muito satisfeitas, afinal, a feirinha está maravilhosa”, destacou o titular da SDE, Rodrigo Nogueira.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar