Participamos do

Após dois anos, Fortaleza volta a celebrar aniversário na Praia de Iracema

O acesso ao evento foi liberado apenas para quem estivesse com o comprovante de vacinação contra a Covid-19. Sete atrações foram escaladas para comandar a festa
22:37 | Abr. 13, 2022
Autor Luciano Cesário
Foto do autor
Luciano Cesário Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Suspensa desde de 2020 por conta da pandemia de Covid-19, a festa de aniversário de Fortaleza voltou a ser realizada de forma presencial nesta quarta-feira, 13, quando a Capital cearense comemora seus 296 anos. Mantendo a tradição, o evento foi realizado no Aterrinho da Praia de Iracema e atraiu um bom público para a noite de shows, que começou às 18 horas e tem previsão de seguir até o começo da madrugada.

Como já havia sido anunciado pela Prefeitura, o passaporte de vacinação com as três doses do imunizante contra a Covid-19 foi exigido a todos os participantes do evento. Para evitar longas filas, a organização disponibilizou 18 guichês de acesso, oito para quem estivesse com o comprovante digital e os demais para pessoas com o documento impresso.

No palco, sete atrações foram escaladas para comandar a festa: o cantor, compositor e instrumentista Raimundo Fagner, Bárbara Sena, Maria Antonia, Camila Marieta, Navire, Nayra Costa e a banda Selvagens à Procura da Lei, primeira atração da noite. Guitarrista e um dos vocalistas do grupo, Rafael Martins falou ao O POVO sobre a sensação de se apresentar novamente em um evento público na Capital cearense depois de mais de dois anos de pandemia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Foi uma emoção muito grande, porque tem uma galera muito grande que veio aqui ver a gente. Pensamos em um repertório nessa vibe de todo mundo se rever. Ali no público, mesmo, muitos amigos estão se revendo hoje. Fortaleza é uma cidade linda, foi muito bom participar desse momento tão especial”, disse.

A apresentação da banda durou cerca de duas horas e foi bastante aclamada pelo público presente. Para Gabriel Aragão, também vocalista do grupo, o show representa um divisor de águas, levando em conta todas as restrições vivenciadas na fase mais aguda da pandemia. “Esse foi o show que marcou a nossa volta, mesmo. Uma energia muito boa, principalmente esse contato com o público, que fazia muita falta”, contou.

Durante o show da banda, houve protestos do público contra o presidente Jair Bolsonaro, reforçados pelos artistas no palco. "Censura nunca mais", pediu Gabriel durante a apresentação da banda. "Pelo amor de Deus, depois dessa pandemia, quem não se posicionar (politicamente) estava muito ilhado, vivendo uma realidade paralela. Já tá na hora de a gente tirar o Bolsonaro, esse ano tem eleição", disse Rafael em entrevista ao O POVO.

O reencontro dos artistas com o público era muito aguardado pela social media Camila Soares, 26 anos, uma das primeiras a chegar ao local do evento. Embora já tenha participado de muitos shows musicais antes da pandemia, ela disse que, dessa vez, parecia estar vivendo uma experiência única.

“Tava todo mundo aguardando esse momento, então é uma experiência muito boa, poder voltar e estar aqui com todas essas pessoas, meio que voltando ao normal, com todo mundo vacinado. É um momento único, apesar de todo mundo já ter vivido isso antes da pandemia”, comentou.

Já o empreendedor Saulo Pessoa disse que o evento representa uma esperança de que as coisas possam voltar a ser melhores. "Que a gente possa respirar de uma forma mais tranquila. É como se fosse, a cada dia, um novo réveillon", celebrou. Ele elogiou a organização do evento e disse não ter encontrado dificuldades para acessar o local. "Foi bem diferente de festas que a gente teve a dois anos atrás, aqui na praia", enfatizou.

Também presente no Aterrinho, o prefeito José Sarto (PDT) declarou a felicidade de comemorar o aniversário da Capital como gestor da cidade. "Estamos aqui hoje, celebrando essa virada de chave, esse momento dos 296 anos de Fortaleza, abraçando e agradecendo a Fortaleza. Hoje prestigiando a prata da casa, os artistas. Para mim é uma alegria muito grande", disse. Mais cedo, o prefeito afirmou, em entrevista à Rádio O POVO CBN, que a perspectiva é de retorno dos eventos públicos de Réveillon, no Aterro da Praia de Iracema.

A última festa de aniversário de Fortaleza no Aterrinho aconteceu em 2019, nos 293 anos. O evento teve como principais atrações o cantor cearense Ednardo e o músico Zeca Baleiro. 

Operação logística

Transporte coletivo

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) organizou uma operação especial de transporte. São ofertadas seis linhas diretas dos terminais ao Aterrinho da Praia de Iracema (Parangaba, Siqueira, Antônio Bezerra, Messejana, Lagoa, Conjunto Ceará), com frota de 10 veículos com destino ao evento. O passageiro pagará a tarifa social durante todo o dia desta quarta, 13. O valor da tarifa é de R$ 3,30 (passagem inteira) e R$ 1,50 (estudantil).

Tráfego

A operação especial de tráfego para o aniversário de Fortaleza começou às 8 horas com o monitoramento das vias do entorno e coibição de estacionamento irregular. No período da tarde, a partir das 16 horas, a Av. Beira-Mar foi interditada no trecho compreendido entre as ruas Ildefonso Albano e Arariús.

Como parte do esquema operacional, há pontos de bloqueio na Av. Historiador Raimundo Girão com a Rua Ildefonso Albano e na Av. Historiador Raimundo Girão com a Rua João Cordeiro. O acesso local de moradores é garantido após apresentação do comprovante de endereço.

Segurança

A Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), por meio da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), atua com o efetivo de 110 guardas municipais. O patrulhamento será feito com viaturas, a pé, em motocicletas e câmeras de videomonitoramento. A GMF também atua no controle de fluxo de pessoas nos terminais de integração de ônibus da cidade.

Saúde

O evento conta com um Posto Médico Avançado com a presença de dois médicos e duas ambulâncias, uma de suporte básico e outra avançada para casos de remoção. Os guarda-vidas da Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) também estão de plantão.

Limpeza

A Secretaria da Gestão Regional (Seger), por meio da Regional 2, disponibiliza 20 equipes de varrição para realizar a limpeza no entorno do Aterrinho da Praia de Iracema. O serviço foi realizado antes do início do evento, entre 13 horas e 16 horas, e será novaente executado após o encerramento, entre 22 horas e 2 horas.

Fiscalização

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) iniciou a partir das 00h desta terça-feira, 12, a fiscalização do Aterrinho da Praia de Iracema, onde é comemorado o aniversário de 296 anos da cidade de Fortaleza. Na noite da celebração, quarta-feira, 13, a Agefis atua no ordenamento e controle do comércio de vendedores ambulantes na área externa do evento. A operação conta com a participação de 80 fiscais.

Com informações do repórter Leonardo Maia

OUÇA O PODCAST VOO 168 BASTIDORES

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1