Participamos do

Duas mulheres são presas por esfaquear passageiros durante assalto a ônibus na Aldeota

Passageiros feridos foram encaminhados ao IJF
08:37 | Jan. 12, 2022
Autor Jéssika Sisnando
Foto do autor
Jéssika Sisnando Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Duas mulheres foram detidas por esfaquearem passageiros durante roubo em um ônibus que fazia a linha Antônio Bezerra-Papicu, em Fortaleza. O caso foi registrado nessa terça-feira, 11.

As equipes da Polícia Militar foram acionadas para a avenida Padre Antônio Tomás. Passageiros estavam com uma das suspeitas, Mayara Ellen da Silva Lisboa, de 18 anos e o Antônia Rayna Rodrigues Barbosa, de 21 anos. Duas facas foram apreendidas.

As duas teriam anunciado o assalto e os passageiros tentaram intervir, mas dois foram lesionados. Eles foram encaminhados ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Nota da SSPDS na íntegra 

o bairro Aldeota - Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1) de Fortaleza. A captura ocorreu na tarde de terça-feira (11), pouco tempo após o crime.

A composição da PMCE foi acionada via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS/CE) sobre um roubo a um ônibus. No local, os policiais militares capturaram duas mulheres, identificadas como Antônia Rayna Rodrigues Barbosa (21), com antecedentes por furto qualificado, furto e ameaça; e Mayara Ellen da Silva Lisboa (18). Ambas teriam ainda lesionado dois passageiros dentro do transporte coletivo. As vítimas foram socorridas.

Com as suspeitas, a PMCE apreendeu duas facas e recuperou uma mochila e um celular. O material e as duas mulheres foram conduzidas ao 2º Distrito Policial, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), onde foram autuadas pelo crime de roubo.

Denúncias
A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda pelo telefone (85) 3101-1344, do 2º DP. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags