Participamos do

Sem Réveillon no Aterro da Praia de Iracema, eventos privados ganham força na virada de ano em Fortaleza

Eventos em hotéis, bares e clubes foram as alternativas encontradas por quem não quis esperar a chegada do Ano Novo em casa
23:55 | Dez. 31, 2021
Autor Luciano Cesário
Foto do autor
Luciano Cesário Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com o cancelamento do tradicional Réveillon no Aterro da Praia de Iracema pelo segundo ano consecutivo, eventos privados ganharam força na virada de ano em Fortaleza. Apesar da introdução da variante Ômicron no Ceará, que já soma três casos confirmados, reuniões sociais em locais particulares foram liberadas pelo Governo do Estado, desde que obedeçam ao limite de cinco mil pessoas em ambientes abertos e 2,5 mil em espaços fechados. Com a permissão, hotéis, bares e clubes sociais foram as alternativas encontradas por quem não quis esperar a chegada do Ano Novo em casa na Capital cearense.

Equipes do O POVO estiveram em alguns desses eventos para acompanhar a expectativa para a “hora da virada”, celebrada à meia noite. No Marina Park Hotel, a festa começou por volta das 21 horas, e todos os participantes tiveram que apresentar o passaporte da vacinação para ter acesso ao local do evento. O uso de máscara, no entanto, não foi respeitado pela maioria do público presente. No palco, comandaram a festa o DJ RB, Eric Land, Tarcísio do Acordeon, Wesley Safadão e a dupla sertaneja Matheus e Kauan.

A passagem de ano também foi comemorada por dezenas de pessoas no Clube do Náutico, no bairro Meireles, uma das casas de eventos mais tradicionais de Fortaleza. A utilização da máscara e apresentação do comprovante de vacinação também foram obrigatórios para ter acesso ao local. Contudo, durante a festa, muitos participantes abandonaram o item de proteção facial. Havia relativo distanciamento entre as mesas, mas os participantes passaram a maior parte do tempo juntos, interagindo e confraternizando uns com os outros.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O POVO também identificou comemorações de ano novo nos restaurantes Geppo's e Coco Bambu, na Beira Mar, ambos com quase todas as cadeiras ocupadas. As barracas de praia que decidiram funcionar também atraíram um bom público. No calçadão, havia uma intensa movimentação de pessoas na altura do Jardim Japonês.

Uma das equipes de reportagem também esteve no Aterro da Praia de Iracema, palco onde tradicionalmente ocorre a festa da virada. Mesmo sem shows musicais e espetáculos pirotécnicos, ainda houve um número considerável de pessoas que compareceram ao local para celebrar a chegada de 2022 com vista privilegiada para o mar. Muitas levaram caixas de som, comida e bebidas alcoólicas e ficaram concentradas em pequenos grupos. Não houve registro de aglomerações.

A movimentação foi acompanhada por agentes da Guarda Municipal e Polícia Militar, que atuaram em toda a orla para orientar o público e coibir possíveis descumprimentos aos decretos de isolamento social.

Virada do ano: veja fotos das comemorações em Fortaleza

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags