Participamos do

Cidade da Criança será entregue até Natal, com restaurante e cafés; veja como está ficando

Com projeto arquitetônico desde 2018, obra teve início em junho de 2020 e será concluída neste mês de dezembro.
18:39 | Nov. 30, 2021
Autor Alexia Vieira
Foto do autor
Alexia Vieira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após um ano e cinco meses em obras, a Cidade da Criança, localizada no Centro de Fortaleza, será entregue antes do Natal de 2021. O espaço, que tem cerca de 27 mil metros quadrados, ainda recebe instalações de rampas de acessibilidade, mobiliário urbano e restauração de estátuas históricas.

Em 2018, uma votação pública escolheu a Cidade da Criança e a Praça Sagrado Coração de Jesus como locais do Centro que deveriam receber obras de requalificação no valor de até R$ 10 milhões. O arquiteto Carlos Yuri Nobre foi o ganhador do Concurso de Ideias que escolheu o projeto de revitalização dos dois locais.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na ocasião do anúncio do vencedor, foi dado o prazo de junho de 2019 para o início das obras. No entanto, o começo das intervenções acabou sendo adiado. Com a pandemia, que suspendeu todas as atividades do setor da construção civil, as obras da Cidade da Criança só foram iniciadas no fim de junho de 2020.

Já a requalificação da área da praça Sagrado Coração de Jesus e do mini terminal de ônibus que funciona ao lado do local só foram iniciadas em março de 2021. O prazo dado pela Seinf para a finalização da obra é o fim do primeiro semestre de 2022.

Características da obra

Com o objetivo de manter a arquitetura original tombada pelo município, o projeto de requalificação restaurou os prédios históricos presentes no entorno da lagoa no centro do local. O principal casarão do parque deve receber um restaurante e dois prédios menores serão sedes de cafeterias. Segundo a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, o edital de concorrência pública para empresas que desejam atuar nesses locais será lançado em dezembro.

Restauração da fachada ainda era realizada por trabalhadores nesta terça-feira, 30
Restauração da fachada ainda era realizada por trabalhadores nesta terça-feira, 30 (Foto: FABIO LIMA)

Nesta terça-feira, 30, O POVO visitou o local e registrou que a Casa do Ciclista, uma das únicas novas construções do local, ainda está sendo montada. Lá funcionará um ponto de apoio para ciclistas, com vestiários e bicicletário. As ilhas pedagógicas, que são áreas de lazer para crianças, também estão recebendo mobiliário. Serão sete equipamentos desse tipo com foco em áreas diferentes do aprendizado infantil, como musicalidade, lógica, linguística e coordenação motora.

LEIA MAISMaquete eletrônica: veja como ficará a Cidade da Criança e Praça Coração de Jesus após reforma

Também ainda está sendo feito o restauro das esculturas presentes no parque. A obra de arte Deus Cupido, situada em um pedestal na área chamada de Ilha do Amor, já foi restaurada. A estátua que representa um indígena quebrando correntes localizada na entrada da Cidade da Criança ainda não teve a restauração finalizada.

Segundo o secretário da infraestrutura, Samuel Dias, a estátua do indígena, ligada a um dos primeiros nomes do local - Parque da Liberdade - tem o processo mais complicado de restauração. Todas as obras de arte devem ser finalizadas antes da inauguração da praça, segundo Samuel.

História

A Cidade da Criança foi inaugurada nos anos 1900 com o nome de Parque da Liberdade, em alusão à libertação dos escravos no Ceará. Uma escola de educação infantil, um zoológico municipal, um restaurante e um parque de diversões já funcionaram no local em diferentes épocas dos últimos 100 anos de existência do espaço. Barquinhos trafegavam pelo lago e o parque era visitado por frequentadores do Centro, alunos de escolas do bairro, casais, famílias e crianças.

O parque já passou por diversas requalificações e o descaso com o local foi motivo de reclamação da população em vários momentos da história. Em uma matéria do O POVO 1991, moradores do Centro reclamavam do acúmulo de lixo e poluição do lago. Em 2019, quando o local já esperava pela atual obra de requalificação, moradores reclamavam de assaltos na região e situação precária dos prédios históricos.

Cidade da Criança foi inaugurada com esse nome em 1938.
Cidade da Criança foi inaugurada com esse nome em 1938. (Foto: O POVO Doc.)

Outras três obras serão entregues no primeiro semestre de 2022

As intervenções da Cidade da Criança e da Praça Coração de Jesus fazem parte do pacote de revitalizações de espaços urbanos anunciado em janeiro de 2020 pela Prefeitura, o qual previu R$ 40 milhões para a requalificação de lagoas e parques de Fortaleza. Outras três obras incluídas no pacote serão entregues até o fim do primeiro semestre de 2022, segundo Samuel Dias.

O Projeto Beira Rio, na orla do rio Ceará, passou de 60% da execução, de acordo com o secretário. “A retirada das edificações irregulares que tinham naquela área foi a parte mais complexa”, disse. As obras da Lagoa da Viúva, inserida na bacia Maranguapinho, também devem ser finalizadas até o início de 2022. O paisagismo do local ainda está sendo concluído.

Já o Parque Passaré, que envolve também a revitalização do Zoológico Sargento Prata, terá apenas uma parte da obra entregue em 2021. As intervenções da primeira etapa consistiram em cercamento da área do parque, caminhos internos e areninhas. Samuel explica que a segunda etapa das obras, realizadas na parte interna do zoológico, ainda não tem financiamento e não foi iniciada.

Outra lagoa que deve receber requalificação é a do Mondubim, mas um impasse com a construtora ganhadora da licitação resultou na rescisão do contrato. Samuel explica que a secretaria deve relançar a licitação para contratar outra empresa em dezembro. As obras têm prazo de serem iniciadas em janeiro.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente