Participamos do

Tiroteio na Barra do Ceará deixa um morto e um ferido no calçadão da Vila do Mar

Disputa pelo tráfico de drogas na região se intensificou durante os últimos dias. Polícia ainda investiga a motivação do crime
19:41 | Set. 12, 2021
Autor Gabriel Borges
Foto do autor
Gabriel Borges Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um homem morreu e outro ficou ferido após uma troca de tiros no calçadão do Vila do Mar, na Barra do Ceará. O crime aconteceu na tarde deste domingo, 12, por volta do meio-dia. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a vítima que morreu era um homem de 25 anos que foi lesionado por arma de fogo. Tiroteio teria acontecido próximo à rua 6 Companheiros. O corpo foi encontrado no calçadão da região, nas proximidades da quadra de esportes do local.

O outro homem, que foi socorrido e levado para o hospital, também apresentava lesão ocasionada por uma bala. De acordo com a SSPDS, a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foi acionada e colheu indícios que auxiliarão nas investigações. Um inquérito policial foi instaurado na 8ª Delegacia do DHPP, que investiga o caso.

No último sábado, 11, alguns vídeos circularam nas redes sociais mostrando criminosos exibindo armas e fazendo pichações com a sigla de uma facção oriunda do Ceará. O vídeo teria sido gravado no Morro Santiago, na Barra do Ceará. Nas imagens, os criminosos mostravam a invasão ao território da facção que domina aquele trecho do bairro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo apurou O POVO, a polícia teria efetuado prisões no local, mas a reportagem não obteve informações sobre detalhes da operação. 

A polícia pede a contribuição da população durante as investigações do ocorrido. Informações podem ser passadas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

De acordo com a SSPDS, as denúncias também podem ser encaminhadas pelo telefone 3257.4807, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que também é o número do WhatsApp. A polícia garante o sigilo e o anonimato dos que desejarem colaborar.

LEIA TAMBÉM| Ceará apresenta cenário de maior controle desde o início da pandemia, diz Sesa

LEIA TAMBÉM| Praia do Futuro tem movimentação intensa neste domingo; frequentadores se dizem seguros com vacina

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags