Participamos do

Sarto aparece sem máscara em festa e pede desculpas após repercussão de vídeo

Em vídeo que circula na internet, é possível ver uma concentração de pessoas sem máscara na festa que ocorreu em Jericoacoara no domingo, 22. Protocolos do Governo estabelecem uso de máscara o tempo todo durante eventos
10:39 | Ago. 24, 2021
Autor Lais Oliveira
Foto do autor
Lais Oliveira Estagiária do O POVO Online
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Vídeos que circulam desde o último domingo, 22, mostram o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), sem máscara em uma festa. Era o casamento de sua sobrinha, filha do secretário de Cultura da Capital, Elpidio Nogueira, em Jericoacoara. Após repercussão das imagens, Sarto pediu desculpas.

"A verdade é que a pandemia nos afeta já há bastante tempo e, por vezes, descuidamos. Mas, como homem público, tenho de dar exemplo, sobretudo na minha condição de médico e prefeito. Por isso, meu sincero pedido de desculpas", disse o prefeito. Segundo ele, todos os convidados tinham testado negativo para Covid-19 ou estavam vacinados com duas doses. O evento contou com cerca de 140 pessoas. 

Veja o vídeo em que o prefeito aparece:

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Nas imagens da festa, é possível ver pessoas sem máscara, desrespeitando o distanciamento social e dançando enquanto uma banda toca. No Ceará, estão liberados eventos sociais com até 200 pessoas em ambientes abertos. Contudo, de acordo com o protocolo sanitário publicado pelo Governo do Estado, todos os convidados e colaboradores precisam usar máscara durante todo o evento e a retirada do equipamento é permitida, exclusivamente, para ingestão de alimentos e bebida.

Ainda segundo o documento, no caso de casamento ou aniversário, os noivos e aniversariantes, poderão estar sem máscara durante as fotografias. Outra determinação é de garantir a presença de
colaboradores circulando durante todo o evento para dispersar qualquer movimento de aglomeração.

O protocolo governamental orienta não disponibilizar lounges nos espaços de realização dos eventos, evitando gerar aglomeração de público num mesmo espaço, além de proibição de espaço de dança. Aos artistas fica facultado o uso de máscara durante as apresentações, desde que respeitado o limite mínimo de distanciamento entre os outros artistas.

+Confira regras do protocolo sanitário do Governo do Ceará para eventos sociais

Prefeito e secretário se pronunciam

 

Em nota divulgada pedindo desculpas nesta terça-feira, 24, Sarto ressaltou que todos os convidados tinham testado negativo para Covid-19 ou tomado as duas doses da vacina, como ele, mas reconheceu que "muitos estavam sem máscara". Especialistas advertem que mesmo após duas doses da vacina, ainda é possível transmitir a doença a não vacinados.

Além disso, por mais alta que seja a eficácia das vacinas aprovadas contra a Covid-19, nenhum imunizante protege 100% contra o coronavírus. Uma pessoa vacinada, por exemplo, pode desenvolver um quadro leve da doença e infectar outra pessoa sem perceber. 

LEIA TAMBÉM | Por que não basta se vacinar para dispensar máscara e cuidados: entenda a imunidade coletiva

+Por que ainda é preciso usar máscara depois da vacinação ou de contrair a Covid-19

"Estamos avançando, os números da pandemia estão caindo e, aos poucos, as coisas melhorando, mas não é hora de ser imprudente. O coronavírus ainda é um risco real para cada um de nós e os protocolos valem para todos", afirmou Sarto.

O secretário municipal da Cultura de Fortaleza e irmão do prefeito, Elpídio Nogueira, também divulgou uma nota na noite de ontem, 23, sobre o casamento da filha. Segundo ele, a cerimônia foi adiada três vezes devido a protocolos sanitários do Governo para o combate à pandemia.

Elpídio informou que o evento reuniu 140 pessoas das quais foi exigida a apresentação de cartão de vacinação da Covid-19. Na manhã de domingo, todos os convidados também testaram negativo para Covid-19. Ainda de acordo com ele, a festa ocorreu em ambiente aberto, com medição de temperatura no acesso ao local e disponibilidade de álcool gel para todos.

O secretário não explicou, contudo, por que os convidados aparecem sem máscara no vídeo divulgado, apesar de o equipamento ser exigido nos protocolos estaduais para eventos sociais. A recomendação científica é de proteger a boca e o nariz ao ar livre, caso não se possa manter o distanciamento mínimo, sobretudo se há aglomeração e não é possível evitar multidões.

A Ciência já sabe que a probabilidade de uma infecção por coronavírus é bem menor ao ar livre do que em espaços fechados. Por outro lado, um comunicado da Sociedade de Pesquisa de Aerossóis, frisa que não se pode descartar um contágio ao ar livre, sobretudo em grandes multidões com pouco distanciamento interpessoal.

LEIA TAMBÉM | É possível contrair o coronavírus ao ar livre?

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags