Participamos do

Prefeito de Fortaleza institui comitê para dialogar com feirantes da José Avelino e entorno

De acordo com Sarto, o objetivo é iniciar o diálogo com a categoria imediatamente. A comunicação com o segmento contará com mediação da Câmara Municipal de Fortaleza
20:05 | Ago. 18, 2021
Autor Isabela Queiroz
Foto do autor
Isabela Queiroz Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Durante reunião com o secretariado Municipal, nesta quarta-feira, 18, o prefeito de Fortaleza, José Sarto, instituiu um comitê com a finalidade de dialogar com representantes que atuam na rua José Avelino e entorno. De acordo com o prefeito, o objetivo é iniciar imediatamente a comunicação com o segmento a fim de pacificar a situação e elaborar soluções conjuntas para o ordenamento urbano da área. Na ocasião, o prefeito voltou a lamentar os episódios de violência ocorridos durante a operação de fiscalização nesta madrugada, 18, e manifestou solidariedade às vítimas.

Com o comitê, o secretário de Governo, Renato Lima, será o interlocutor da Prefeitura de Fortaleza, junto com a coordenadora especial de Programas Integrados, Manuela Nogueira. Além disso, informou o prefeito, o diálogo com o segmento terá mediação da Câmara Municipal de Fortaleza, representada pelo presidente da Casa, vereador Antônio Henrique.

Também compõem a comissão representantes da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Secretaria da Segurança Cidadã (Sesec), Secretaria Municipal de Gestão Regional (Seger), por meio da Regional do Centro, Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine


Segundo Sarto, o comitê já está empenhado em iniciar a interlocução com os vendedores ambulantes. “É preciso garantir dignidade a esses trabalhadores, resguardando o que determinam a legislação municipal e o decreto de isolamento social em vigor. O problema da José Avelino não é fácil de resolver, e nós temos que resolvê-lo à luz da legislação. Nós temos que procurar preservar a saúde das pessoas e o trabalho das pessoas também”, afirmou o prefeito.

A reunião contou ainda com a participação do coronel Aristóteles Coelho, coordenador da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), da Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags