Participamos do

Entorno do Dragão do Mar registra aglomeração; movimento preocupa estabelecimentos

Vídeos divulgados nas redes sociais no sábado, 31, revelam pessoas descumprindo medidas de segurança
15:23 | Ago. 01, 2021
Autor Lara Montezuma
Foto do autor
Lara Montezuma Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Vídeos publicados nas redes sociais denunciaram aglomeração no entorno do complexo Dragão do Mar, na noite do último sábado, 31. Os registros mostram pessoas sem máscaras e descumprindo o distanciamento social, violando as medidas do decreto vigente de enfrentamento ao coronavírus. O episódio acontece dois dias após a confirmação de casos da variante Delta no Ceará, cepa ainda mais contagiosa.

Sócio de estabelecimento privado próximo ao local, Victor Wesley reclama das consequências das aglomerações para o comércio. Responsável pela produção do Bar Gandaia, ele informa que o espaço voltou a funcionar apenas com a flexibilização imposta pelo Governo do Estado e cumpre todas as normas, como o horário de funcionamento até as 23 horas, número limitado de pessoas por mesas e disponibilização de álcool em gel.

“As aglomerações sempre acontecem por volta das 19h30min, mais no sábado. Das outras vezes tinha aglomeração, mas bem menos. A fiscalização sempre ia e conseguia encerrar com muita paz, porque não era tanta gente. Nessa segunda reabertura, aumentou o número de ambulantes, eles colocam funk e aumenta também o número de pessoas", comenta. O empresário relata que os agentes tentam agir de maneira pacífica, mas se preocupa caso a quantidade de pessoas continue a crescer. "Está expressivo de uma forma que talvez eles tenham que dispersar o público, era tanta gente que eles podiam pular as grades do Gandaia. Eles pedem para fechar, guardar mesa, porque podem invadir o nosso espaço. A gente nunca ficou em horário completo por conta dessa aglomeração", diz.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A partir deste domingo, 1º, o local funciona apenas com atrações internas e não tem mais autorização para shows ou bandas na área externa. Victor se preocupa com o rendimento do negócio e o futuro do bar. "A gente continua se cuidando, mas os clientes ficam assustados com a aglomeração. A gente não ganha nada com isso, só perde. Estamos em uma pandemia e não teria porque aquilo estar acontecendo. Atualmente a gente está só com shows de voz e violão, estamos saindo muito da nossa vertente para tentar nos manter", explica.

Os registros realizados contrariam as informações divulgadas pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) ao O POVO em nota. "A Polícia Militar do Ceará (PMCE) informa que não há registro de aglomeração nesse sábado, 31, no Dragão do Mar. Dando prosseguimento às ações de fiscalização, a Polícia Militar mantém, diariamente, um efetivo do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) na praça do Dragão do Mar, bem como em locais estratégicos visando o combate a aglomeração de pessoas. É importante ressaltar que a PMCE conta com a colaboração da população para cumprir os protocolos de saúde previstos em legislação vigente acerca da prevenção à Covid-19 e esclarece que denúncias de aglomerações de pessoas podem ser feitas por meio do 190", relata a íntegra do comunicado

O POVO também contatou a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) para mais detalhes sobre os procedimentos, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. Tão logo haja retorno, a informação será complementada.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags