PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Toda população de Fortaleza pode se vacinar contra H1N1 a partir de hoje

Quem tem a partir de seis meses de idade pode se vacinar, mas é preciso intervalo de 14 dias para quem se vacinou contra Covid-19

Lais Oliveira
11:58 | 05/07/2021
FORTALEZA,CE, BRASIL, 12.04.2021: Início da vacinação contra a gripe influenza, posto de saúde da escola de saúde no Meireles.  (Fotos: Fabio Lima/O POVO). (Foto: FABIO LIMA)
FORTALEZA,CE, BRASIL, 12.04.2021: Início da vacinação contra a gripe influenza, posto de saúde da escola de saúde no Meireles. (Fotos: Fabio Lima/O POVO). (Foto: FABIO LIMA)

A partir desta segunda-feira, 5, Fortaleza disponibiliza a vacina contra a gripe nos 116 postos de saúde para toda a população a partir de seis meses de idade. A informação foi divulgada pelo prefeito José Sarto (PDT) nas redes sociais. As salas de vacinação da Capital funcionam das 8h às 17h.

"Lembrando que é preciso intervalo de 14 dias para quem tomou ou vai tomar a vacina contra a Covid-19", ponderou Sarto. A vacina contra a gripe protege contra três tipos de vírus: Influenza A (H1N1), H3N2 e Influenza B.

A campanha teve início no dia 12 de abril e contemplou, em Fortaleza, mais de 218 mil pessoas entre os grupos prioritários da primeira, segunda e terceira fase, segundo informações divulgadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) hoje. Para ter direito à imunização, é necessário apresentar documento oficial com foto e cartão do SUS.

A gripe H1N1 foi declarada como pandemia em 2009 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e infectou mais de 70 países. Em 2010, a vacina contra o vírus foi incorporada à vacinação contra as outras influenzas, e o H1N1 circula hoje como uma influenza sazonal.

Caso a pessoa tenha recebido a vacina da Covid-19, ela deve aguardar para receber a vacina da gripe respeitando o intervalo de, no mínimo, 14 dias, e vice-versa. A recomendação é pessoas prestes a serem vacinadas contra a Covid-19 priorizem o imunizante contra o novo coronavírus. 

Crianças de 6 meses a menores de nove anos de idade

Serão aplicadas duas doses da vacina contra a gripe nas crianças de 6 meses a menores de nove anos de idade, que serão vacinadas pela primeira vez. A segunda dose deve ser aplicada 30 dias após a primeira.

 

Campanha no País

Na última semana, o Ministério da Saúde autorizou estados e municípios a ampliarem a vacinação contra a gripe (Influenza) para outras pessoas além das já incluídas nos grupos prioritários iniciais. Em nota, a pasta afirma já ter comunicado a recomendação aos representantes municipais, aos quais caberá definir a melhor forma de imunizar suas populações a partir dos seis meses de idade. 

Segundo o ministério, cerca de 34,2 milhões dos 79 milhões de brasileiros que integram os grupos prioritários já foram vacinados contra a gripe este ano, o que representa cerca de 42% do público-alvo inicial. A campanha para os segmentos prioritários da população está prevista para continuar até o próximo dia 9.


Grupos prioritários

Antes da liberação para população geral, vacinação contra gripe começou pelos grupos prioritários: pessoas acima dos 60 anos, professores, crianças de seis meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, trabalhadores da saúde, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade.

Serviço

Vacinação contra a gripe para população geral

Quando: segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h

Onde: 116 postos de saúde de Fortaleza

Documentos: documento oficial com foto e cartão do SUS

Confira lista com endereços dos postos de saúde aqui