PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Uece recebe comitiva da Fiocruz para discutir cooperação para desenvolvimento de vacina

Durante reunião, a Universidade apresentou os resultados da fase pré-clínica de testes da vacina cearense contra a Covid-19

Catalina Leite
13:57 | 04/07/2021
Uece recebe Fiocruz para discutir cooperação no desenvolvimento da vacina contra a Covid-19. (Foto: Reprodução / Instagram Uece Oficial)
Uece recebe Fiocruz para discutir cooperação no desenvolvimento da vacina contra a Covid-19. (Foto: Reprodução / Instagram Uece Oficial)

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior (SCT-CE) receberam uma comitiva da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Ceará e Rio de Janeiro na última sexta-feira, 2. O encontro visou discutir a cooperação entre as instituições para o desenvolvimento da vacina cearense contra a Covid-19, chamada 2H-120-Defense.

Na reunião, o reitor e o vice-reitor da Uece, professor Hidelbrando Soares e professor Dárcio Teixeira, junto ao secretário da SCT-CE, Inácio Arruda, apresentaram os resultados da fase pré-clínica de testes da vacina. Nessa etapa, os testes são realizados in vitro, ou seja, em laboratório e testando em animais.

LEIA TAMBÉM | Entenda o processo de desenvolvimento de remédios no Brasil

O objetivo da cooperação da Uece com a Fiocruz é fazer os ajustes solicitados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na fase de testes em animais. Com as pontuações indicadas pela Fiocruz Rio de Janeiro, inclusive dando sugestões de novas linhas de investigação, a Uece poderá aprimorar a pesquisa e realizar a solicitação de início de testes em humanos - chamados estudos clínicos.

Além da vacina cearense, o Laboratório de Biotecnologia e Biologia Molecular da Uece desenvolve pesquisas de produção de kits de diagnósticos para doenças como dengue, febre Zika, Chikungunya, Leishmania, Leucemia linfoblástica aguda e outras
Além da vacina cearense, o Laboratório de Biotecnologia e Biologia Molecular da Uece desenvolve pesquisas de produção de kits de diagnósticos para doenças como dengue, febre Zika, Chikungunya, Leishmania, Leucemia linfoblástica aguda e outras (Foto: Thais Mesquita)

“O plano de trabalho que será materializado nos próximos dias teve seu início nessa reunião e na compreensão de que um projeto desse porte, de porte nacional e até mesmo mundial, precisa de cooperação dos pesquisadores brilhantes que temos na Uece e na Fiocruz”, destaca, em nota, o reitor Hidelbrando Soares.

OP+ | O que podemos esperar de uma vacina cearense contra a Covid-19

Além da comitiva da Fiocruz, estiveram presentes a professora Izabel Florindo Guedes, coordenadora do Laboratório de Biotecnologia e Biologia Molecular (LBBM), o pesquisador Ney de Carvalho, professor Maurício Fraga, também integrantes do LBBM e o professor Samuel Façanha, cientista-chefe da área de Inovação.

TAGS