PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Ruas de Fortaleza terão blitz no lockdown e câmeras serão usadas em fiscalização

Videomonitoramento auxiliará nas atividades para identificar onde haverá o descumprimento do decreto na Capital

Mirla Nobre
18:31 | 04/03/2021
FORTALEZA, CE, BRASIL, 22.05.2020: Blitz educativa da PM na Av. Pessoa Anta, em frente ao Centro Cultural Dragão do Mar, durante o decreto de Lockdown.   (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: FABIO LIMA)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 22.05.2020: Blitz educativa da PM na Av. Pessoa Anta, em frente ao Centro Cultural Dragão do Mar, durante o decreto de Lockdown. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: FABIO LIMA)

A partir desta sexta-feira, 5, quando entra em vigor o período de lockdown em Fortaleza, os principais trechos da Capital terão blitz de fiscalização pelos órgãos municipais e estaduais. A medida irá auxiliar o cumprimento do novo decreto estadual, publicado nessa quinta-feira, 4, em que foi estabelecido isolamento rígido em Fortaleza durante 14 dias a partir de amanhã até 18 de março, onde apenas atividades essenciais poderão funcionar no período.

A medida foi divulgada nesta quinta-feira, 4, pela Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e Guarda Municipal pelas redes sociais. “Haverão por toda a cidade, blitz com a Polícia Militar, Polícia Civil, AMC e Guarda Municipal nos principais corredores de Fortaleza”, informou o secretário municipal da Segurança Cidadã, Eduardo de Holanda.

Ainda segundo o secretário, a população será abordada por meio das blitze. “O cidadão terá que justificar o porquê do deslocamento. Se ele não tiver garantido por trabalhar em qualquer dos serviços essenciais ou se for uma questão de saúde, ele vai ser orientado a retornar”, explica.

As fiscalizações terão auxílio das câmeras de videomonitoramento, da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Ceará, e serão usadas para identificar onde haverá o descumprimento do decreto. Conforme Eduardo, as equipes entrarão em ação assim que identificadas as irregularidades. Antes, as barreiras funcionavam apenas nas entradas e saídas de Fortaleza, agora elas serão implementadas dentro da Capital e passarão a funcionar durante as duas semanas de lockdown.

LEIA MAIS | 

Circulação de ônibus intermunicipais em Fortaleza será suspensa

Saiba o que não precisará fechar durante lockdown em Fortaleza

Com novo decreto de lockdown em Fortaleza, veja o que pode funcionar

Shoppings e centros comerciais terão atividades suspensas durante lockdown em Fortaleza

De acordo com a superintendente da Agefis, Laura Jucá, o órgão começa a partir de amanhã, juntamente com a Guarda Municipal de Fortaleza, a intensificação das ações de fiscalização. “Vamos fazer uma busca ativa no município de Fortaleza, em todas as regionais, em todos os bairros, nos principais corredores, verificando se existem atividades que não fazem parte do grupo de atividade essenciais que estão abrindo suas portas”, informa

Balanço de fiscalizações

Durante a live, ainda foi divulgado o balanço de fiscalizações do mês de fevereiro. Ao todo, a Agefis em parceria com a Guarda Municipal e Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), realizou 567 fiscalizações, onde 67 estabelecimentos foram interditados, deixando de funcionar no período de sete dias. Além disso, 69 eventos foram encerrados na Capital e 24 paredões de som foram apreendidos.

Para denúncias em descumprimento das medidas do novo decreto, a Agefis pode ser acionada por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e IOS), do site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156.