PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Moradores voltam a relatar tiroteio de madrugada em comunidade no Passaré

Desde outubro há relatos de tiroteio entre facções nas madrugadas no bairro Passaré

12:07 | 21/11/2020
Comunidade Vertical sofre com a guerra entre facções no Passaré (Foto: LEITOR VIA WHATSAPP O POVO)
Comunidade Vertical sofre com a guerra entre facções no Passaré (Foto: LEITOR VIA WHATSAPP O POVO)

 

Na madrugada deste sábado, 21, moradores da comunidade Vertical, no Passaré, relataram muito barulho de tiros na área por volta de 4h. Desde outubro, conflitos como esses acontecem com frequência na região. Uma moradora do bairro, que não quis se identificar, contou que episódios como esse acontecem desde 13 de outubro. “Sem alvo, os caras passam sempre atirando e gritando muito, mas não é possível identificar o que dizem. No máximo um ‘bora bora’, ‘atira ali naquela’, ‘vai pro outro lado’", comenta.

Em outubro, O POVO relatou os conflitos e como os moradores do Passaré, em Fortaleza, sofrem com a violência de facções das comunidades do bairro.  No dia 31 de outubro, um ciclista chegou a ser baleado, e levado ao hospital. Outra vitima foi atingida no dia 3 de novembro, dessa vez por volta das 12h. “A comunidade, que é bastante movimentada, tem ficado bem silenciosa desde o primeiro atentado. A impressão que eu tenho é que esses tiroteios têm o objetivo de expulsar as famílias. E devem estar conseguindo. Tenho visto alguns caminhões de mudança na comunidade essa última semana", complementou a moradora.

A ocorrência desta madrugada, teria tido a presença de quatro homens, com duas motos e um carro na esquina fazendo cobertura, segundo o relato.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPS) afirmou que um homem foi preso na noite dessa sexta-feira, 20, no bairro do Passaré, atuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Ele já tinha “passagens por lesão corporal, ameaça, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo". Além disso, "a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga o envolvimento dele em outras delitos no bairro, bem como trabalha para identificar outros envolvidos”, afirma a SSPDS.

Na nota, a Secretaria ratificou o aumento de policiamento na área. “Os trabalhos de policiamento ostensivo foram reforçados na área por viaturas do Policiamento Ostensivo Geral (POG)”.

Leia Mais | Moradores do Passaré sofrem com disputa territorial entre facções

+ Tiroteio assusta moradores no Passaré na madrugada