PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Por causa do óleo, Coema aprova monitoramento semanal em sete novas praias do Ceará

Canoa Quebrada, Icapuí, Prainha do Canto Verde, Sabiaguaba, Icaraí, Cumbuco e Jericoacoara são as praias que passarão a ser analisadas semanalmente

16:00 | 14/11/2019
A votação, que aconteceu nesta quinta-feira, 14, contou com a participação de 37 integrantes do Coema
A votação, que aconteceu nesta quinta-feira, 14, contou com a participação de 37 integrantes do Coema (Foto: Ítalo Cosme / O POVO)

Sete novas praias serão monitoradas semanalmente sobre os níveis de contaminação e consequências do derramamento de petróleo na região costeira do Ceará. A decisão foi acatada em votação realizada na tarde desta quinta-feira, 14, no Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema). O Plano Emergencial de Balneabilidade (PEB) aprovado ampliará o atual boletim da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), incluindo as sete praias.

A proposta do plano determina que o monitoramento comece a ser executado imediatamente nas praias de Canoa Quebrada, Icapuí, Prainha do Canto Verde, Sabiaguaba, Icaraí, Cumbuco e Jericoacoara, que antes só recebiam monitoramento mensal. 

O acompanhamento ocorrerá durante seis meses. De acordo com a Semace, as praias que farão parte do plano podem ser alteradas de acordo com a necessidade.

A votação contou com 37 conselheiros do Coema. O grupo foi formado por representantes do Estado, mercado e sociedade civil.

Com informações do repórter Ítalo Cosme.