PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Mutirão para renegociar dívidas começa com fila e lotação; senhas estão esgotadas para o primeiro dia

Serão distribuídas 400 senhas por dia e cada número dá direito à negociação com mais de uma empresa

10:31 | 07/10/2019
Mesmo com chuva, mutirão de renegociação de dívidas amanheceu com fila de consumidores aguardando atendimento nesta segunda-feira, 7. Ação segue até sexta-feira.
Mesmo com chuva, mutirão de renegociação de dívidas amanheceu com fila de consumidores aguardando atendimento nesta segunda-feira, 7. Ação segue até sexta-feira. (Foto: Divulgação/ Procon Fortaleza)

Mutirão para renegociação de dívidas começou com fila e lotação no Ginásio Paulo Sarasate, no bairro Dionísio Torres, na manhã desta segunda-feira, 7. A ação que segue até sexta-feira, 11, promete descontos de até 95% a depender da dívida. Entre as 45 empresas que participam da iniciativa estão grupos financeiros, de telecomunicações e de serviços essenciais (energia, água e esgoto). As 400 senhas distribuídas acabaram por volta de 12 horas neste primeiro dia.

Cláudia Santos, diretora geral do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza), afirma que a grande procura é positiva, pois mostra que os consumidores desejam quitar suas dívidas. Redução de juros e demais encargos, além de descontos, estão sendo oferecidos. "É uma oportunidade para que o consumidor volte para o mercado de consumo e possa ter uma vida mais tranquila sem dívidas", avalia.

Clique na imagem para abrir a galeria

José Maria Mendes, 59, relata estar surpreso e satisfeito com o atendimento. O aposentado por invalidez, que  busca renegociar dívidas em relação a empréstimos bancários, avalia que a triagem prioritária e a localização do ginásio facilita a vida dos consumidores. "Eu espero conseguir um bom desconto. Quero que seja uma coisa satisfatória que dê para eu realmente quitar essa dívida", afirmou enquanto aguardava para ir ao balcão e saber os detalhes e condições.

A promessa de descontos que chegam até a 95% do valor devido decepcionou uma consumidora que não quis se identificar ao O POVO Online. Ela buscava solução para um débito de mais de R$ 7 mil em contas de energia elétrica e esperava um abatimento próximo de 90%. Entretanto, conseguiu apenas 15% de desconto.

Serão distribuídas 400 senhas por dia e cada número dá direito à negociação com mais de uma empresa, caso seja necessário. Oitenta funcionários estão trabalhando na triagem dos consumidores e no atendimento em 50 guichês. O Procon espera cerca de 1.200 negociações diariamente, totalizando 6.000 operações na semana. Isso porque os consumidores possuem, em média, três dívidas a serem renegociadas.

Documentos necessários

É preciso levar cópias da documentação pessoal (RG, CPF e comprovante de endereço) e o documento da dívida (extrato, fatura ou contrato). Só podem participar consumidores residentes na Capital.

Principais problemas

O número de consumidores com problemas financeiros que procuram o Procon Fortaleza chegou a 8.936 no ano passado, um aumento de 5% se comparado ao ano de 2017. Segundo o órgão municipal, as principais queixas se devem a cobrança indevida e a juros e multas abusivos.

O Procon lembra que aqueles consumidores que não sabem qual tipo de dívida possuem e nem o valor do débito devem procurar antes o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e solicitar um extrato detalhado da dívida.

Serviço

Mutirão de Renegociação de Dívidas

Data: 7 a 11/10

Horário: das 8 horas às 17 horas

Local: Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050, Dionísio Torres - entrada pela Rua Antônio Augusto)

Com informações do repórter Leonardo Maia/Especial para O POVO e do Procon