PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Canteiro central da Duque de Caxias será removido em trecho no Centro de Fortaleza

A retirada do canteiro ocorrerá entre a rua Padre Mororó e a avenida Padre Ibiapina. Estas alterações fazem parte das obras do "trinário" da avenida, primeiro de Fortaleza

17:22 | 22/08/2019
Duque de Caxias terá sentido único na direção oeste
Duque de Caxias terá sentido único na direção oeste(Foto: REPRODUÇÃO/STREET VIEW)

As obras da avenida Duque de Caxias, que irão compor o primeiro trinário de Fortaleza, devem alterar de forma considerável o cenário do Centro de Fortaleza. Entre as mudanças, o canteiro central da própria avenida sofrerá alterações.

Leia mais: Duque de Caxias terá sentido único, corredor de ônibus e ciclofaixa no 1º "trinário" de Fortaleza

Dentre as alterações, estruturais, o canteiro central da avenida Duque de Caxias permanecerá no trecho entre as ruas Nogueira Acioli e Padré Mororó. Já no trecho entre a rua Padre Mororó e a avenida Padre Ibiapina, será necessária a remoção do canteiro para permitir a transição, com segurança, dos veículos que seguem em direção à avenida Bezerra de Menezes.

Já na avenida Padre Ibiapina, será implantado sentido único Norte-Sul (praia-sertão) entre as avenidas Duque de Caxias e Bezerra de Menezes, com três faixas de tráfego e canteiro para dar apoio ao pedestre e para separação física da infraestrutura cicloviária. No trecho entre a avenida Duque de Caxias e a rua Carneiro da Cunha, haverá implantação de canteiro central, com o objetivo de dar apoio ao pedestre e para divisão do fluxo de tráfego.

Conforme anunciado em coletiva de imprensa no Paço Municipal nesta quinta-feira, 22, as intervenções serão realizadas com a participação da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (Urbfor), que irão reimplantar árvores nos canteiros centrais. 

Sobre o trinário

As obras do primeiro "trinário" de Fortaleza serão iniciadas ainda nesta quinta-feira, 22, com a fresagem do asfalto da Duque de Caxias. No Centro, o "trinário" reunirá a avenida Duque de Caxias e as ruas Meton de Alencar e Clarindo de Queiroz.

O projeto visa priorizar a circulação de ônibus, reordenar o tráfego geral, implantar infraestrutura cicloviária, requalificar pontos de paradas e da iluminação pública, implantar novos semáforos, recuperar asfaltos e calçadas e implantar lixeira subterrânea. O foco do projeto é o transporte público e o deslocamento não motorizado.

A previsão de entrega da obra é na primeira quinzena de novembro deste ano, e o investimento está na ordem dos R$ 4 milhões.