PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

"Eu não vejo o porquê de fiscalizar estacionamento", diz dono de estabelecimento

Ele argumenta que não há perigo algum e que não tem faturamento para pagar as taxas cobradas

15:14 | 16/07/2019
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16.07.2019: Valmir Vieira da Silva, 40 , dono de estacionamento. Prefeitura começa a regularizar estacionamentos particulares na Praia do Futuro.  (Fotos: Fabio Lima/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16.07.2019: Valmir Vieira da Silva, 40 , dono de estacionamento. Prefeitura começa a regularizar estacionamentos particulares na Praia do Futuro. (Fotos: Fabio Lima/O POVO)(Foto: Fabio Lima/Fabio Lima)

Inconformado com as exigências feitas pelo Decon, o comerciante Valmir Vieira, 40, afirma que não vê motivo para continuar o estacionamento com todos os custos que terá que fazer. Ele explica que, exceto no período das férias escolares, o local só funciona aos fins de semana e não possui faturamento para pagar a taxa exigida. O Estacionamento Valmir foi um dos cinco alvos de fiscalização na Praia do Futuro. Todos estavam irregulares. Barracas de Praia também foram fiscalizadas na Barra do Ceará e no Cumbuco. Das oito visitadas, só uma não estava irregular.

“Eu não vejo o porquê de fiscalizar estacionamento. Aqui só entra e sai carro, não há nenhum perigo. Há muitos outros comércios que têm por aí que estão irregulares, mas com isso eles não se preocupam. Enquanto eu puder enrolar [para regularizar], eu vou enrolar”, pontua.

O POVO Online tentou falar com as barracas La Luna Beach Restô, Restaurante Cabana do Cumbuco, Barraca O Lobão, Barraca Pascoalina e Barraca Estrela do Mar, mas nenhuma delas atendeu às ligações até o fechamento desta matéria feitas para os números que constam no Google Maps.

Já a barraca Velas do Cumbuco alegou que o proprietário do estabelecimento está viajando e seu celular não estava funcionando.

Leonardo Maia/ESPECIAL PARA O POVO