Participamos do

Fortescue vai construir 1ª usina de hidrogênio verde da empresa no Ceará, diz Camilo

A empresa projeta aplicar US$ 5,8 bilhões (dólares americanos) em investimentos no Estado e US$ 50 bilhões no mundo com o H2V
12:13 | Mar. 31, 2022
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário de jornalismo
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com memorando de investimento assinado com o Governo do Estado, a multinacional australiana Fortescue projeta construir, no Ceará, a primeira usina de produção de hidrogênio verde da empresa no mundo. A projeção é aplicar US$ 5,8 bilhões (dólares americanos) em investimentos no Estado.

As informações foram reveladas com exclusividade pelo governador do Estado, Camilo Santana (PT) em entrevista para a rádio O POVO CBN na manhã desta quinta-feira, 31 de março. Conforme o gestor do Estado, o intuito da Fortscue é produzir no Ceará o combustível que vem se apresentando como aposta de nova matriz energética do mundo. 

"Nós podemos produzir e fornecer o combustível do futuro para toda a Europa", destaca Camilo ao reforçar o potencial do Ceará como futuro exportador de energia para o mundo, a partir do Complexo do Pecém. O governador reforça ainda que o Estado acumula 18 memorandos de investimentos no setor e que em um futuro próximo, os recursos começaram a ser alocados na economia cearense. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Para impulsionar o início do empreendimento no Ceará, representantes da Fortscue viriam ao Ceará está semana para "fazer sair do papel essa ambição", conforme revela Celio Fernando Melo, secretário executivo da Casa Civil do Ceará em uma publicação em uma rede social. "Pelos compromissos na Alemanha e França adiou a vinda para junho, sem prejuízo ao cronograma em curso", afirma na postagem.

PODCAST VOO 168 BASTIDORES

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade.

Aceitar