Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Programa selecionará soluções inovadoras para problemas de competitividade econômica no Ceará

Ao todo serão investidos R$ 3,3 milhões na concessão de bolsas de incentivo para pesquisadores e empreendedores que seja selecionados no edital
15:35 | Jul. 29, 2021 Autor - Alan Magno Tipo Noticia

O edital do programa Clusters Econômicos de Inovação, em parceria com o programa Corredores Digitais, lançado nesta quinta-feira, 29, busca impulsionar empreendedores que possuam ideias inovadoras para solucionar os principais problemas de competividade nos conglomeradores econômicos existentes no Ceará.

Nesta etapa, busca-se selecionar startups atuantes na Região Metropolitana de Fortaleza que possuam ideias para aumentar a eficiência das matrizes econômicas instaladas nos 19 municípios que integram a região. 

Projeto prevê, além de investimentos, orientações e formações técnicas para empresas inovadoras que busquem fortalecer o desenvolvimentos de empresas que atuem nas seguintes áreas: Agronegócio, Saúde, Energias Renováveis, Turismo, TIC e Logística-Infraestrutura. 

Ao todo serão investidos R$ 3,3 milhões em bolsas de incentivo para pesquisadores e empreendedores que sejam selecionados para o programa. Os técnicos científicos que irão orientar as startups na melhor forma de implementação da solução proposta e até dois membros de cada grupo de empreendedores receberão as bolsas.

O valor será variável a depender do perfil de cada negócio e da solução proposta, ficando na média de R$ 1.200 e R$ 1.500 por bolsa. O pagamento será realizado pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) e deve abranger até 96 empreendedores, já que a bolsa será paga a no máximo dois integrantes por startup selecionada. A bolsa será paga por seis meses.

Como forma de simplificar a gestão das propostas de solução e dos clusters econômicos na Região Metropolitana da Capital, esta foi dividida em três, da seguinte forma:

  • Grande Fortaleza 1: Fortaleza, Maracanaú, Maranguape, Guaiúba, Pacatuba e Itaitinga
  • Grande Fortaleza 2: Aquiraz, Eusébio, Horizonte, Cascavel, Pindoretama, Chorozinho, Pacajus
  • Grande Fortaleza 3: Caucaia, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Paracuru, Paraipaba e Trair

Cada sub-região possui áreas econômicas específicas a serem abarcadas pelos programas. Na Grande Fortaleza 1 serão temas relacionados a cadeia de saúde, tecnologia da informação e comunicação, e turismo. Na Grande Fortaleza 2 será Agronegócio e a cadeia de empreendimentos da Saúde e por fim, na sub-região 3 serão projetos voltados para geração de energia, preservação do meio ambiente e logística. 

O Programa Clusters Econômicos de Inovação é um construído em conjunto pelas Secretarias do Desenvolvimento e Trabalho (Sedet) e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Ceará (Secitece), com apoio da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece) e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). Além de contar com apoio do representantes do setor comercial, como a Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza e de instituições de ensino superior, público e privado. 

Como funciona o programa?

O programa ocorre em nível estadual, possuindo um edital específico para cada região do Ceará, e se estrutura em ciclos com tripé de articulação entre entidades governamentais, representantes empresariais e especialistas científicos. Em cada ciclo, ocorre a seleção prévia de pesquisadores que auxiliam na identificação das principais problemáticas das cadeias econômicas instaladas no Estado. 

Diante deste mapeamento, ocorre conforme cronograma de cada ciclo, a apresentação dos problemas, momentos de orientação entre os pesquisadores e interessados em propor soluções para tais pontos, com a modelagem dos negócios a serem construídos para implementação das soluções propostas.  

A partir de então, tais empreendedores poderão se inscrever no processo seletivo do edital, por meio da metodológica do programa Corredores Digitais, para que, os selecionados, possam receber as bolsas de incentivo e colocar em prática a implementação de suas ideias. 

Quais os problemas identificados nas cadeias econômicas da Grande Fortaleza?

  • Baixo controle biológico de pragas no agronegócio
  • Baixo aproveitamento de biomassa
  • Problema logísticos na parada obrigatória de manutenção de aerogeradores
  • Dificuldade de conectividade com fornecedores, prestadores de serviços, transportadoras, centros de pesquisas e mesmo entre as empresas
  • Dificuldade na predição, identificação e prevenção da sepse (infecção generalizada)
  • Elevada contaminação na utilização de dispositivos de geração de ambientes climatizados
  • Gestão ineficiente de dados da Saúde
  • Dificuldade em garantir o acesso a saúde de qualidade e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
  • Dificuldade do gerenciamento remoto de projetos de inovação
  • Competitividade das empresas no gerenciamento Multi Cloud
  • Insegurança de dados sensíveis nas empresas de TIC
  • Desconexão entre os territórios e pontos turísticos do Estado
  • Ausência de dados relativos a empresas e ocupações nas atividades turísticas

Como participar da seleção de startups do edital?

>> As inscrições devem ser feitas por meio de formulário eletrônico disponível no site da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará, aqui, e posterior envio de vídeo de 4 minutos falando do problema, da ideia de solução do grupo de empreendedores, a ser enviado junto com o formulário. 

>> Podem se inscrever grupos de 2 até 5 participantes, desde que residam na sub-região para qual estão propondo soluções econômicas

>> Ao menos um dos membros da equipe deve ter idade igual ou maior do que 18 anos

>> Cada grupo, deve, no ato da inscrição detalhar sua ideia serviço ou  produto que incorpore tecnologia(s) digital(is), e outras tecnologias inovadoras, com maior potencial de contribuição para o crescimento econômico em curto ou médio prazo. 

>> Os membros do time devem ter o poder de exercer o papel principal na tomada
de decisão referente ao seu projeto ao longo de todas as fases do programa

>> As inscrições terão cronograma compatível com o ciclo desenvolvido pelo edital, para o ciclo um, elas já estão abertas e se encerram no dia 15 de agosto. 

Para demais requisitos, critérios de seleção e diferenciais buscados em cada projeto, os interessados podem ter acesso ao detalhamento do processo de seleção no edital, clicando aqui. O foco do projeto é impulsionar o desenvolvimento regional, por meio da criação, implementação e aperfeiçoamento de soluções para problemas geria de cada setor econômico. 

Um dos focos do edital é encerrar sua atuação com projetos estruturados e com potencial de serem exportados em larga escala, seja para outros estados do Brasil, ou mesmo outros países que se deparem com situações problemas semelhantes as enfrentadas nos ciclos produtivos do Ceará. 

Cronograma e abrangência de cada ciclo do edital

Grupo 1 - Regiões e setores econômicos 

  • Agronegócio – Litoral Leste
  • Agronegócio – Vale do Jaguaribe
  • Comércio – Sertão do Cariri 
  • Construção Civil - Sertão de Crateús
  • Educação – Sertão de Sobral
  • Energias Renováveis – GrandeFortaleza 3
  • Energias Renováveis - Sertão de Sobral
  • Mineração e Metalmecânica – Vale doJaguaribe
  • Saúde - Grande Fortaleza 1
  • Saúde - Sertão de Sobral
  • TIC - Sertão Central
  • Turismo - Grande Fortaleza 1

Calendário - Ciclo 1

  1. Inscrições - 15/07 a 15/08
  2. Modelagem de Soluções - 02/08 - 15/08
  3. Resultado Parcial - 30/08
  4. Recursos 31/08 a 1º/09
  5. Resultado Final - 02/09
  6. Outorga de Bolsas -- 03/09 a 30/09
  7. Jornada de Implementação de Soluções - 03/09 a 31/01/2022

Grupo 2 - Regiões e setores econômicos 

  • Agronegócio - Grande Fortaleza 2
  • Agronegócio - Sertão Central
  • Agronegócio – Serra da Ibiapaba
  • Comércio - Sertão de Crateús
  • Infraestrutura e Logística - Grande Fortaleza 3
  • Indústria da Madeira – Litoral Norte
  • Saúde – Sertão do Cariri
  • Saúde - Grande Fortaleza 2
  • TIC - Grande Fortaleza 1
  • Turismo – Sertão do Cariri
  • Turismo - Sertão de Sobral
  • Turismo – Serra da Ibiapaba

Calendário - Ciclo 2

  1. Inscrições - 16/08 a 15/09
  2. Modelagem de Soluções - 02/09 - 15/09
  3. Resultado Parcial - 30/09
  4. Recursos 1º/10 a 04/10
  5. Resultado Final - 05/10
  6. Outorga de Bolsas -- 06/10 a 1º/11
  7. Jornada de Implementação de Soluções - 06/10 a 28/02/2022
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags