PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Débitos de energia do setor de alimentação fora do lar serão pagos pelo Estado na segunda, 26

O principal argumento dos empreendedores do ramo é que o atraso fez com que muitos restaurantes, que dependiam do programa para manter as atividades, fechassem as portas por terem o fornecimento de energia interrompido ou devido acúmulo de dívidas

Alan Magno
15:41 | 23/07/2021
.Medida era pleito de bares e restaurantes do Ceará (Foto: Divulgação)
.Medida era pleito de bares e restaurantes do Ceará (Foto: Divulgação)

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), garantiu que na segunda-feira, 26 de julho, serão pagos os débitos das empresas do setor de alimentação fora do lar referentes a conta de energia elétrica por meio do lei de apoio governamental que visa minimizar os impactos financeiros da pandemia de Covid-19.

RESUMO DO DECRETO | Confira como fica o funcionamento dos setores econômicos no Ceará com novo decreto 

Durante a live, na qual detalhou as regras de funcionamento do novo decreto de isolamento social no Estado, Camilo frisou que a medida irá atender os bares e restaurantes se inscreveram no programa divulgado ainda em março deste ano.

A media foi recebida como uma esperança pelos empresários do setor, porém, sua operacionalização gera críticas à gestão estadual, já que o pagamento dos débitos será feito cerca de quatro meses após seu anúncio.

O principal argumento dos empreendedores do ramo é que o atraso fez com que muitos restaurantes, que dependiam do programa para manter as atividades, fechassem as portas por terem o fornecimento de energia interrompido ou devido acúmulo de dívidas feitas para manter a empresa aberta enquanto aguardavam aplicação da lei de apoio.